Fonte: OpenWeather

    DANÇA DAS CADEIRAS


    Após eleição, Amazonino troca secretários do governo estadual

    SSP será comandada pelo coronel Amadeu Soares. Na Sepror, José Aparecido dos Santos deixa o cargo e Túlio Kniphoff assume a chefia do órgão

    Amadeu Soares foi comandante do programa Ronda no Bairro até 2014, quando foi convidado a assumir a secretaria de Segurança Pública de Roraima | Foto: Divulgação

    Manaus - Com o fim do primeiro turno das eleições, o Diário Oficial do Estado do Amazonas (DOE/AM) trouxe mudanças na administração pública estadual na edição desta segunda-feira (8). Cinco decretos assinados pelo governador Amazonino Mendes (PDT), todos com a data de 8 de outubro de 2018, trazem mudanças na estrutura da Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror) e na Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP).

    O primeiro decreto exonera, a pedido, José Aparecido dos Santos do cargo de titular da Sepror. Já o decreto seguinte designa o diretor da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), Túlio Cáceres Kniphoff, para responder pela titularidade temporária da Sepror.

    O terceiro decreto, Amazonino Mendes exonera o coronel da PM Anézio Paiva do cargo de secretário de Segurança Pública, e o decreto seguinte traz a nomeação do coronel Amadeu Soares como novo "chefão" da Segurança, perdendo poder apenas para o coronel Walter Cruz, secretário de Estado extraordinário e coordenador do programa GuardiAM 24H. O quinto decreto da lista de trocas traz a nomeação de Anézio Paiva para o cargo de secretário executivo da SSP.

    Amadeu Soares foi nomeado nesta segunda-feira (8), pelo governador Amazonino Mendes
    Amadeu Soares foi nomeado nesta segunda-feira (8), pelo governador Amazonino Mendes | Foto: Reprodução/Diário Oficial do Estado do Amazonas

    Perfil do militar

    O coronel da Polícia Militar do Amazonas foi candidato a deputado estadual nas eleições de 2018 pelo Partido Popular Socialista (PPS), na coligação de Amazonino Mendes, mas ficou apenas com 10.970 votos. Com 48 anos de idade, Amadeu foi comandante do projeto Ronda no Bairro de maio de 2011 a 2014, quando pediu exoneração para assumir a secretaria estadual de Segurança Pública de Roraima, a convite do governador Chico Rodrigues.

    Amadeu Soares foi nomeado secretário-executivo da SSP logo no início da gestão Amazonino Mendes, tendo Bosco Saraiva (SD) como titular da pasta. No entanto, o coronel deixou a pasta para se candidatar a uma vaga na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), para a qual não foi eleito.

    Segurança

    Coronel Anézio Paiva volta ao cargo de secretário executivo da SSP.
    Coronel Anézio Paiva volta ao cargo de secretário executivo da SSP. | Foto: Divulgação/SSP-AM

    Em um ano de mandato, este é o terceiro secretário de Segurança Pública nomeado por Amazonino Mendes. O primeiro foi Bosco Saraiva, que acumulou a titularidade da pasta junto com o cargo de vice-governador. Bosco e Amadeu deixaram a pasta em abril deste ano, e Amazonino Mendes nomeou o então secretário-executivo, coronel Anézio Paiva, para ser o novo "testa de ferro" da SSP. Paiva foi o chefe da Segurança Pública até esta segunda-feira, quando Amazonino resolveu nomear Amadeu Soares para ser o mais novo secretário. 

    Leia mais

    Capital do terror: Manaus registra 67,1 mil crimes

    ‘Quero derrotar o método que o atual governo vem usando’, afirma Omar

    Gestões de Amazonino e o extermínio de órgãos públicos

    Comentários