Fonte: OpenWeather

    Eleições 2018


    Candidatos ao Senado com mais recursos do que candidatos ao governo

    Candidatos a uma vaga no Congresso Nacional já receberam mais recursos de campanha dos que os postulantes ao governo do Amazonas, segundo informações do TSE

    | Foto: divulgação

    Manaus -Cinco dos oito candidatos ao Senado da República no Amazonas já receberam juntos R$ 6,2 milhões em recursos dos diretórios nacionais aos quais pertencem. O valor é R$ 1,1 milhão maior do que receberem três candidatos ao governo do Estado, cujos recursos somam R$ 5,07 milhões. As informações são do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e foram computadas até a última quinta-feira (6).

    Eduardo Braga

    O senador Eduardo Braga (MDB), que concorre à reeleição, tinha em caixa R$ 2,580 milhões, deste total, 19,38% equivalem a recursos próprios, ou seja, R$ 500 mil.

    Mesmo o diretório estadual do PR ainda não tendo repassado recursos aos candidatos da sigla, o candidato Alfredo Nascimento já tem R$ 2.510.120,94 em doação partidária.

    Vanessa Grazziotin

    A senadora Vanessa Grazziotin (PC do B), que também disputa a reeleição, tem em seu poder R$ R$570.385. Deste total, R$ 10,3 mil são provenientes de financiamento coletivo. O candidato pelo PSD, Plínio Valério, já conta com R$ 502 mil em recursos, deste, R$ 2 mil vêm de doações de pessoas físicas.

    Luiz Castro

    O deputado estadual e postulante a uma vaga no sendo Luiz Castro (Rede) tem em caixa R$ 71.564. O valor incorpora R$ 3.064 de doação de pessoas físicas e R$ 3,5 mil de recursos próprios. Os candidatos Hissa Abraão (PDT), Luiz Santos e Rondinely Fonseca, ambos pelo Psol, ainda não dispões de recursos para campanha eleitoral.

    Candidatos ao governo

    Omar Aziz

    O senador Omar Aziz (PSD) foi o candidato ao executivo estadual que mais recebeu verbas. No total, foram R$ 3,5 milhões em recursos recebidos sendo que R$ 7.104 vêm de doações. Em segundo lugar está o atual governador Amazonino Mendes (PDT) com R$1,065 milhão e em terceiro está o jornalista Wilson Lima (PSC) que conta com R$ 500 mil em caixa.

    David Almeida

    O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (PSB), deputado David Almeida (PSB), a dentista Lúcia Antony (PC do B) e os sindicalistas Berg da UGT (Psol) e Sidney Cabral (PSTU) também não receberam verbas para financiamento de campanha.

    Federais

    Átila Lins

    O candidato à reeleição à Câmara Federal pelo PP, deputado Átila Lins, recebeu em doações partidárias R$1,767 milhão.

    Pauderney Avelino

    Já o candidato pelo Democratas, o deputado Pauderney Avelino recebeu R$ 710 mil. Do total, R$ 210 mil são de pessoas físicas. 

    Conceição Sampaio

    A deputada Conceição Sampaio (PSDB) tem R$ 1 milhão em caixa.

    Fundos partidários

    Ao menos 14, dos 33 partidos que disputam cargos políticos no pleito de 2018 no Amazonas, receberam fundos partidários. São eles: PSD, MDB, PDT, PC do B, PV, PHS, PODE, Democracia Cristã, PR, Rede, PSC, Democratas, PP, PSDB.

    Sete diretórios estaduais já repassaram mais de R$ 11 milhões. O PSD tem R$ 8,6 milhões; o MDB R$2,041 milhões; o PC do B R$ 352 mil o PV R$340 mil; o PHS R$ 300 mil; o Podemos R$ 89 mil e o Democracia Cristã R$ 80 mil.

    Leia mais:

    Veja repercussão no Amazonas sobre ataque a Jair Bolsonaro

    Após eleições, Senado pode ter CPI para investigar museus

    Xotes e toadas dominam jingles de campanha eleitoral no Amazonas




    CIDADANIA - ELEIÇÕES 2018

    Comentários