Fonte: OpenWeather

    DELEGACIA ANTICORRUPÇÃO


    Serafim propõe que delegado seja escolhido em sabatina pela Aleam

    Deputado avalia que a escolha pelo Poder Legislativo deixará titular da delegacia imune a pressões

    Parlamentar defende ainda que delegado tenha mandato temporal a ser cumprido
    Parlamentar defende ainda que delegado tenha mandato temporal a ser cumprido | Foto: Marcelo Araújo/Aleam

    Manaus - O deputado Serafim Corrêa (PSB) propôs, nesta quarta-feira (12), que o nome do delegado que atuará na Delegacia Especializada em Combate à Corrupção, da Polícia Civil no Amazonas, seja escolhido por meio de uma sabatina na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) e não pelo Governador do Estado. O parlamentar sugeriu também que o cargo tenha mandato.

    “Caberá à Aleam aprovar ou não o nome desta pessoa. Com o aval da Aleam e com o mandato, o delegado ficará, de certa forma, imune a qualquer pressão. Se tiver pressão, ele não poderá ser retirado porque tem mandato”, explicou.

    Serafim ainda disse que é importante ter conhecimento sobre a postura do futuro delegado que atuará no combate à corrupção. “Depois, na sabatina, ele vai ter que deixar claro qual é a postura dele. Se não for adequado, o governador será informado, para resguardar qualquer desvio naquela delegacia”, concluiu.

    De acordo dom Serafim Corrêa, a Mensagem Governamental 064/2020, que trata da criação da delegacia anticorrupção, será votada nesta quinta-feira (13), na Casa Legislativa. É o penúltimo dia do prazo que o Ministério da Justiça deu aos Estados, para garantir o repasse recursos para a segurança pública.

    Pauta destravada

    A matéria correu risco de não ser votada diante do trancamento da pauta patrocinado por mais de 60 dias pelo presidente da Aleam, deputado Josué Neto (PRTB). Se última hora, na terça-feira (11) ele resolveu retomar a pauta de votação, sem efetivamente anunciar a inclusão da matéria de criação da delegacia. Apenas nesta quarta-feira (12) que a inclusão foi anunciada.


    *Com informações da assessoria

    Comentários