Fonte: OpenWeather

    Capacitação


    "Maratona + Mulheres na Política" capacita candidatas à eleição 2020

    O curso on-line e gratuito, será dividido em três módulos. No ato da inscrição, candidatas e equipe já terão acesso ao primeiro deles

    O curso será dividido em três módulos e, no ato da inscrição, candidatas e equipe já terão acesso ao primeiro deles, que abordará o conteúdo básico
    O curso será dividido em três módulos e, no ato da inscrição, candidatas e equipe já terão acesso ao primeiro deles, que abordará o conteúdo básico | Foto: Internet

    Manaus - Uma oportunidade para as mulheres interessadas em disputar um cargo político durante as Eleições 2020. Em parceria com o Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) oferta 50 mil vagas para o curso prático "Maratona + Mulheres na Política". As inscrições gratuitas e as aulas começaram na segunda-feira (14). As interessadas deverão se inscrever por meio da plataforma.

    O curso será dividido em três módulos e, no ato da inscrição, candidatas e equipe já terão acesso ao primeiro deles, que abordará o conteúdo básico. Entre os temas que serão tratados, estão as Leis nº. 9.504/1997 e 12.034/2009, a EC 97/2017 e também detalhes relacionados à convenção partidária, elaboração de propostas para o cargo de vereadora e de prefeita, propaganda eleitoral, formas de arrecadação de recursos, prestação de contas, além de sanções em casos de irregularidade na campanha.

    Os módulos 2 e 3 foram planejados para aperfeiçoar e aprofundar os assuntos ligados à política e ao público feminino, como a oratória e a importância da comunicação na atuação político-social da mulher, o papel da mulher na política, liderança voltada para a política, o papel da liderança feminina e a formulação e consolidação de políticas públicas. O curso pretende estimular o desenvolvimento de competências específicas, com foco na disputa eleitoral.

    "As mulheres vão encontrar na Maratona + Mulheres na Política informações diretas e didáticas que podem de fato auxiliar na campanha", destacou a secretária nacional de políticas para as mulheres, Cristiane Britto.

    Segundo o diretor-geral do Ifes - Campus Nova Venécia, Anderson Bozzeti, a instituição tem o compromisso de formar cidadãos conscientes de seu papel na sociedade por meio do ensino, pesquisa e extensão.

    "Por esse motivo, acreditamos que o projeto desenvolvido junto à SNPM e ao Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) levará conhecimentos que farão a diferença para as mulheres que estão participando do processo eleitoral deste ano. Desejo que aproveitem ao máximo as informações e tenham sucesso na eleição 2020", afirmou.

    O curso

    O curso propõe uma metodologia que contempla momentos de estudos individuais e atividades baseadas em autoinstrução, como estudos dirigidos e questionários online. Os conteúdos poderão ser estudados de forma livre e estarão disponíveis no formato de vídeos tutoriais, podcasts e materiais complementares.

    Os participantes terão à disposição um espaço de fórum colaborativo que contribuirá para o aprendizado mútuo e ativo na construção do conhecimento. Por meio dele, será possível trocar informações e experiências. Essa ferramenta também servirá como suporte, no caso de dúvidas.

    "Todos os nossos esforços são para provocar um grande movimento de mudança. Ao final desta eleição, esperamos um balanço que indique que todos os municípios brasileiros contam com ao menos uma vereadora eleita", concluiu a secretária.

    Serviço

    Curso "Maratona + Mulheres na Política"

    Inscrições: a partir de 14 de setembro

    Início do curso: no ato da inscrição

    Número de vagas: 50 mil

    Público-alvo: candidatas e suas respectivas equipes

    Carga horária: 3 módulos de 20h, totalizando 60h

    Com informações da assessoria

    Leia mais

    Eleições 2020: prazo para convenções partidárias termina nesta quarta

    Mulheres estão em busca de conquistas no meio cervejeiro

    Comentários