Fonte: OpenWeather

    Descaso


    Falta de energia em comunidade da BR-174 é denunciada na Aleam

    O deputado estadual, João Luiz, que denunciou a ação afirmou que cobrará as devidas providências da Amazonas Energia em relação à interrupção dos serviços

    Segundo o parlamentar, a comunidade está acumulando prejuízos
    Segundo o parlamentar, a comunidade está acumulando prejuízos | Foto: Divulgação

    Manaus - Há mais de 78 horas, moradores da comunidade Nova Canaã, localizada no quilômetro 41 da BR-174, que liga Manaus a Boa Vista, acumulam prejuízos devido a falta de energia elétrica no local. A interrupção no fornecimento do serviço foi denunciada no plenário da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) pelo deputado estadual João Luiz (Republicanos), na manhã desta terça-feira (13).

    O parlamentar afirmou ainda que, como presidente da Comissão de Defesa do Consumidor (CDC/Aleam), cobrará as devidas providências da Amazonas Energia em relação à interrupção dos serviços na comunidade.

    “Hoje mesmo estamos enviando um ofício à concessionária solicitando explicações sobre a falta de energia na comunidade e que sejam tomadas, urgentemente, as devidas providências. Aproximadamente mil famílias que residem na localidade estão sofrendo e amargando prejuízos por conta da interrupção dos serviços. Isso é um absurdo. A empresa tem de ter respostas rápidas para evitar esses problemas”, ressaltou João Luiz.

    Ainda em Plenário, João Luiz concedeu uma Cessão Tempo ao líder comunitário Roni Nascimento, morador da comunidade Nova Canaã, que relatou os problemas enfrentados pelos comunitários em relação à prestação de serviços da Amazonas Energia.

    “Há 28 anos, os moradores são penalizados com a má prestação de serviço da concessionária de energia. Quando chove, falta energia. Se venta, falta energia. Se faz sol, falta energia. Então, o que nós queremos é uma garantia de serviços melhores, que seja implantada uma rede mais segura, que suporte os eventos naturais. Ou mesmo, que a Amazonas Energia nos dê uma resposta mais rápida quando houver interrupção do serviço, que é essencial”, explicou o líder comunitário, ao informar que, desde o último sábado, os moradores da comunidade aguardam a religação da rede de energia elétrica.

    Segundo Roni Nascimento, a falta de energia é constante, independentemente das circunstâncias climáticas. “Em nome da comunidade, agradeço ao deputado João Luiz pela oportunidade de poder falar sobre esse problema, que já é antigo. Muitos produtores e comerciantes contabilizam prejuízos por conta da falta de luz. Isso porque, quando o serviço é interrompido, a empresa demora até dez dias para resolver o problema. E nós, moradores, já estamos cansados dessa falta de respeito”, disse o líder comunitário.

     Protesto

    Moradores da comunidade Nova Canaã realizaram um protesto e fecharam a BR-174
    Moradores da comunidade Nova Canaã realizaram um protesto e fecharam a BR-174 | Foto: Divulgação

    Na noite da última segunda-feira (12), moradores da comunidade Nova Canaã realizaram um protesto e fecharam a BR-174, impedindo o trânsito na rodovia que liga Manaus a Boa Vista (RR), para reivindicar a retomada dos serviços de energia elétrica na localidade. O deputado João Luiz esteve no local, verificou a situação e conversou com os comunitários. “A reivindicação da população é válida, justamente, pela falta de uma resposta mais eficaz da Amazonas Energia. Afinal de contas, a interrupção ocorreu no último sábado e, 72 horas depois, os comunitários não haviam tido nenhum retorno da empresa responsável pelo serviço”, comentou o parlamentar.

     Audiência Pública

     Como presidente da CDC/Aleam, o deputado João Luiz informou que pretende realizar uma Audiência Pública na próxima segunda-feira (19), às 9h, na comunidade Nova Canaã, para ouvir os relatos dos moradores da localidade em relação aos problemas enfrentados pelas constantes interrupções de energia elétrica.

    Leia Mais:

    Projetos de Lei buscam barrar ilegalidades nas contas de energia no AM

    David protocoliza pedido para impedir reajuste na conta de energia

    Comentários