Fonte: OpenWeather

    Cidade de Beruri


    Ruas esburacadas viram motivo de piada em Beruri, no Amazonas

    Moradores denunciaram ao EM TEMPO as péssimas condições das vias da cidade que estão abandonadas pelo Poder Público da cidade.

    “são tantos buracos que a situação se tornou piada nas redes socais”. disse um morador
    “são tantos buracos que a situação se tornou piada nas redes socais”. disse um morador | Foto: Divulgação

    Beruri/AM – Moradores da cidade de Beruri, a 173 Km de Manaus, denunciaram ao EM TEMPO nesta terça-feira (8),  problemas relacionados a infraestrutura da cidade, conhecida como ‘Terra da Castanha’. De acordo com as fontes, todas as ruas estão esburacadas e completamente abandonadas. “São tantos buracos que a situação se tornou piada nas redes socais”.  

    Rua Vicente Gomes

    "Moro na rua Vicente Gomes, e lembro que a última vez que ela foi asfaltada foi em 2013", disse um morador que não quis ser identificado
    "Moro na rua Vicente Gomes, e lembro que a última vez que ela foi asfaltada foi em 2013", disse um morador que não quis ser identificado | Foto: divulgação

    Na rua Vicente Gomes, uma morador que não quis ser identificado,  lembrou que a rua foi asfaltada em 2013. "Desde lá, a situação só piora e ninguém faz nada. A Prefeita tem casa na cidade, mas os moradores quando precisam falar com ela, nunca a encontram na prefeitura. Ela só vive viajando, enquanto isso a gente fica dentro da lama" disse.

    A fonte disse ainda que a única rua que não está com buracos é a Rua Presidente Costa e Silva, principal via que corta a cidade e dá acesso a estrada de mesmo nome. “Só está dando para passar com carro na principal porque recentemente a prefeitura reformou, mas  isso porque essa avenida dá acesso aos demais bairros e a prefeita se viu pressionada pelos moradores", comentou. 

    Leia também: Petrobras prorroga prazo para inscrição de projetos socioambientais

    Rua Aldo Artriclino

    | Foto: divulgação

    Uma moradora que reside no bairro por nome ‘Ribeirinho’, confirmou a reportagem que a Rua Aldo Artriclino, está em péssimas condições. "Isso é uma falta de respeito, na minha rua não tem asfalto e a Prefeita sabe disso, mas não procura fazer nada. A rua Aldo Artriclino é movimentada, principalmente por conta de um campo de futebol”, disse.

    Segundo a moradora que também não quis ser identificada na matéria, a via Olavo Bilac tem muitos buracos e que carros já se atolaram por conta da lama que se forma quando chove. “ É uma situação desagradável. Quando chove a rua se torna uma verdadeiro lamaçal. O carro de lixo já nem entra mais aqui e o lixo dos moradores estão acumulando na frente das casas,

    “são tantos buracos que a situação se tornou piada nas redes socais”. disse um morador
    “são tantos buracos que a situação se tornou piada nas redes socais”. disse um morador | Foto: Divulgação

    Piada

    A situação da cidade, conhecida por realizar todos os anos uma das maiores festas da castanha no Estado do Amazonas, tornou-se motivo de piadas nas redes sociais por conta das ruas esburacadas.  Veja

    Rua Vicente Gomes : 

    | Foto: divulgação

    Rua João Libânio:

    | Foto: divulgação

    Prefeitura de Beruri

    Por telefone, a reportagem do EM TEMPO conversou com o Secretário de Limpeza Pública e Meio Ambiente Pedro Picanço. Segundo ele,  a Prefeitura está realizado ações de tapa buraco, mas que seria impossível realizar asfaltamento nessa época do ano por conta das chuvas. "Nós recebemos um município falido. Beruri tem 92 comunidades, o que significa dizer que ele é o maior município do estado do Amazonas em extensão geográfica.Cerca de 95% das cidades do Amazonas estão com as ruas esburacadas, culpa da falta de assistência por parte do Governo do Estado." disse. 

    Ainda de acordo com Pedro, a prefeitura entregou nesta terça-feira (8) uma rua pavimentada. "A Rua Costa e Silva foi pavimentada, e agora estamos finalizando de pavimentação da Rua João Libanio. A prefeitura não tem nenhum recurso, só promessa do governo que disse que ia liberar recursos para o município e até agora não saiu. Então estamos realizando o mínimo possível, esperando que venha recursos para a cidade".

    O secretário também criticou as administrações anteriores pelos obras de asfaltamento da cidade, que segundo ele era para durar 20 anos, e não chegam a durar dois anos. " Beruri tem trinta e poucos anos e é uma vergonha não ter as ruas asfaltadas. Significa dizer que todos asfaltos que foi feito pelas administrações anteriores é uma verdadeira porcaria. Onde estamos colocando o serviço de tapa buraco, a gente diz o seguinte: é vinte anos para abrir um novo buraco", comentou.

    O secretário informou ainda que a Prefeitura está aguardando a liberação de recursos por parte do governo federal para poder dar andamento na pavimentação das ruas da cidade. "O município arrecada em torno de 2 milhões, esse valor fica oscilando, então dividimos esse valor para a educação, para a saúde. O que sobra nós injetamos na infraestrutura, ou seja, só o município não tem condição de dar todo suporte para a infraestrutura da cidade". 

    Leia mais: 

    Lava Jato pode 'sair das mãos' de juiz Sérgio Moro com decisão do STF

    Leilão de R$ 2,8 milhões de petróleo em barris será em SP em maio

    Redução no preço do gás de cozinha não chega à revenda, diz ASMIRG

    Comentários