Fonte: OpenWeather

    Expansão


    Faculdade Santa Teresa lança duas novas especializações em Direito

    O curso Ciências Criminais vai proporcionar ao público um amplo conhecimento com vistas ao aprofundamento e desenvolvimento prático de gerenciamento de atividades nesta área

    Ciências Criminais e Direito imobiliário serão ofertados na Faculdade Santa Teresa | Foto: Divulgação

    Manaus - Com a proposta de conceder a comunidade manauara a possibilidade de atualização e aprimoramento em duas áreas do Direito em grande expansão no mercado do Amazonas, a Faculdade Santa Teresa lança, em 2019, cursos de pós-graduações lato sensu em Ciências Criminais e Direito imobiliário. As inscrições para as especializações estão sendo feitas na Secretária Acadêmica (Secad), localizada na sede da instituição, no Vieiralves.

    De acordo com o coordenador de pós-graduação da faculdade, professor Aristóteles Almeida, o curso aplicará uma nova percepção e uma recente filosofia adotada em grandes centros do país para uma abordagem profissionalizante, procurando aliar o pensamento teórico-reflexivo ao conhecimento prático-empírico.

    "O corpo docente será baseado todo com mestres e doutores com extensa carreira jurídica.  A faculdade vai trabalhar profundamente a questão dos direitos e deveres dos cidadãos de uma forma mais enfática. Visando transformar os profissionais em elementos de projeção e de sucesso na trajetória profissional e na promoção da cidadania", destacou o coordenador.

    Ainda de acordo com Aristóteles, o curso destina-se aos operadores jurídicos em geral. São eles: bacharéis em direito, professores, delegados de polícia, promotores de justiça, juízes de direito, servidores da justiça federal e estadual, advogados, assessores, consultores jurídicos, procuradores federais, estaduais, municipais, entre outros bacharéis interessados pelos conteúdos das disciplinas a serem ministradas.

    Outra novidade que a Faculdade Santa Teresa está oferecendo, em nível de especialização, é Direito Imobiliário, com a proposta de abranger, além dos aspectos doutrinários (de grande interesse e relevância), questões práticas, de direito material e processual fundamentais ao seu pleno entendimento, em uma perspectiva multidisciplinar.

    Aristóteles explica que o curso vai proporcionar aos participantes uma visão ampla do Direito Imobiliário, e sua inserção no contexto jurídico, bem como preparar, reciclar e aprofundar os conceitos desta área que há muito tempo ultrapassou os limites funcionais.

    "Essa especialização é voltada para o público que tem formação superior em Direito e que, eventualmente, exerce alguma atividade na corretagem de imóveis. Hoje, esse mercado não para de crescer e o profissional precisa de expertise para trabalhar melhor sobre os direitos e deveres que envolvem essa transação.

    Nessa questão, ter uma especialização em Direito Imobiliário é fundamental.São informações que o corretor não vai buscar unicamente na literatura, tem que haver o arcabouço para convergir numa melhor atuação. É justamente isso que estamos propondo", ressalta Aristóteles.

    Ambas especializações serão presenciais e terão duração de 18 meses – divididos em 15 módulos de 24h, que somam no total uma carga-horaria de 360 horas, cada.

    Sobre a Faculdade Santa Teresa

    Genuinamente amazonense, a Faculdade Santa Teresa iniciou suas atividades na capital amazonense em agosto, oferecendo à população seis cursos de graduações, 12 de pós-graduação e quatro de MBA nas principais áreas de conhecimentos demandadas pela sociedade e o mercado de trabalho.

    Um dos diferencias da instituição é a proposta pedagógica focada na formação de líderes, visionários e empreendedores, com metodologias inovadoras aplicadas por professores altamente capacitados e experimentados no mercado de trabalho das suas respectivas áreas. Além disso, a faculdade oferece instalações confortáveis e modernos equipamentos tecnológicos.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais

    Anulada justa causa de funcionária que beijou colega no trabalho

    58 kg de bacalhau são apreendidos em supermercado de Manaus

    Sem acordo, greve dos rodoviários está mantida para sexta-feira (7)

    Comentários