Fonte: OpenWeather

    incêndio


    Das quatro vítimas do incêndio no Educandos, duas continuam internadas

    Uma senhora de 53 anos está em estado grave. Um sargento do Corpo de Bombeiros inalou fumaça

    A Susam também informou que as equipes de plantão nos prontos-socorros e Serviços de Pronto Atendimento (SPAs) ficaram de prontidão
    A Susam também informou que as equipes de plantão nos prontos-socorros e Serviços de Pronto Atendimento (SPAs) ficaram de prontidão | Foto: Arquivo/AET/Janailton Falcão

    Manaus - Entre as vítimas do incêndio que atingiu cerca de 600 casas do bairro Educandos, Zona Sul de Manaus, na noite desta segunda-feira (17), estão um sargento do Corpo de Bombeiros, um homem que estava ajudando quando um muro desabou em cima dele e uma adolescente grávida. A informação foi divulgada nesta terça (18), pelo Governo do Estado.

    Em nota, divulgada ainda há pouco pela Secretaria de Estado da Saúde (Susam), das vítimas atendidas, uma senhora de 53 anos é a que requer maiores cuidados. O estado dela é considerado grave. 

    Vitimas atendidas

    SPA Zona Sul

    Mulher de 53 anos - sintomas de intoxicação por inalação de fumaça. Paciente cardíaca, evoluiu para Edema Agudo de Pulmão e Parada Cardiorrespiratória. Foi atendida na emergência, estabilizada e transferida ao HPS 28 de Agosto.  

    No HPS 28 de Agosto a paciente sofreu uma parada cardiorrespiratória, passou por manobras de ressuscitação com sucesso.  Está intubada, estado geral grave.

    Adolescente de 14 anos – grávida, deu entrada na unidade com queixa de inalação de fumaça. Foi transferida para o Instituto da Mulher Dona Lindu, onde passou por exames e, após avaliação médica que constatou estar tudo bem com  ela e o bebê, recebeu alta.

    Outras 13 pessoas passaram pelo SPA da Zona Sul, com queixas de inalação de fumaça. Elas foram atendidas, medicadas e receberam alta.

    HPS 28 de Agosto

    Homem de 38 anos -  sargento do Corpo de Bombeiros, deu entrada na unidade com sintomas de intoxicação por inalação de fumaça. Quadro clínico estável.

    Homem de 45 anos - ajudava a socorrer as vítimas quando foi atingido por um pedaço de um muro que desabou. Deu entrada na unidade com ferimento na cabeça,  passou por exames de imagem, recebeu curativos  e teve alta.

    Apoio durante o incêndio

    A Susam também informou, na nota, que durante a ocorrência, as equipes de plantão nos prontos-socorros e Serviços de Pronto Atendimento (SPAs) ficaram de prontidão, desde o primeiro momento, para prestar toda a assistência necessária às vítimas.Todos os atendimentos foram de pessoas com sintomas de intoxicação por inalação de fumaça. 

    Ambulâncias do serviço de remoção da capital foram destacadas para apoiar o SPA Zona Sul, localizado próximo a área onde aconteceu o incêndio e onde foi feito o  atendimento inicial às vitimas. Depois de estabilizadas, elas foram removidas para serviços de referência da rede de Urgência e Emergência.

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais:

    Saiba os locais de doação para as vítimas do incêndio no Educandos

    Temer oferece ajuda federal para vítimas de incêndio em Manaus

    Prefeitura abre escolas para abrigar as vítimas de incêndio

    Comentários