Fonte: OpenWeather

    Energia


    Eletrobras é privatizada e consumidor pode ser prejudicado, diz STIUAM

    A Eletrobras tem até março para transferir todos os serviços aos novos controladores

    Há dúvidas em relação a um possível aumento de tarifas e a redução de programas, como o Luz para Todos, bem como a demissão de servidores
    Há dúvidas em relação a um possível aumento de tarifas e a redução de programas, como o Luz para Todos, bem como a demissão de servidores | Foto: Reprodução/TV Em Tempo

    Manaus - A Eletrobras, empresa que fornece energia ao Estado foi leiloada. A nova abastecedora começa a operar em fevereiro. O Consorcio Oliveira Energia arrematou a empresa com apenas uma oferta. A expectativa era de que a disputa garantisse uma redução de até 11,36% nas tarifas ao consumidor.

    De início, serão aportados 490 milhões de reais. A Eletrobras está em processo de transição e tem até março para transferir todos os serviços aos novos controladores.

    Há dúvidas em relação a um possível aumento de tarifas e a redução de programas, como o "Luz para Todos", bem como a demissão de servidores.

    O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas do Estado do Amazonas (STIU-AM) foi contra a privatização. Eles acreditam que o consumidor vai ser prejudicado e a qualidade do serviço pode cair. 

    Veja a reportagem completa da TV Em Tempo:

    Veja a reportagem | Autor: TV Em Tempo

    Leia mais:

    TST valida leilão de privatização da Amazonas Energia

    Amazonino concedeu isenção de impostos a empresas do setor energético

    Governo edita MP para viabilizar leilão da Amazonas Energia

    Assista mais vídeos da TV Em Tempo

    Comentários