Fonte: OpenWeather

    Infraestrutura


    Alunos e moradores utilizam sacolas nos pés para acessar rua de Manaus

    De acordo com um dos moradores, situação se estende há, pelo menos, seis meses e existem outros problemas no local

    Moradores, alunos e pais convivem com a situação há seis meses
    Moradores, alunos e pais convivem com a situação há seis meses | Foto: Anderson Correia

    Manaus - Moradores da rua Pico das Águas e pais e responsáveis dos alunos da Escola Municipal Professor Waldir Garcia e Creche Escola Maria de Mattias, localizados no bairro São Geraldo, Zona Centro-Sul da cidade, procuraram o Portal Em Tempo para denunciar que a rua, onde as unidades educacionais estão localizadas, está coberta de água e lama.

    Segundo o líder comunitário, Anderson Correia, de 25 anos, o problema já se estende há, pelo menos, seis meses.

    “Quando chove, a água fica empoçada durante uns cinco dias na rua. Quando seca, ela fica só lama. As crianças ficam sujas. Eu já vi mães colocando sacola plástica no pé para deixar aluno na escola. A própria escola fica só barro, além disso, os moradores têm dificuldade para passar”, relata o morador.

    A água fica empoçada por alguns dias e , depois, vira lama
    A água fica empoçada por alguns dias e , depois, vira lama | Foto: Anderson Correia

    Ele, que tem uma filha de 5 anos, estudante de uma das escolas, atribui o alagamento a uma obra do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim) que passa pelo local. De acordo com ele, o barro entope os esgotos e bueiros próximo às escolas e, por isso, causa as alagações na rua.

     “O barro não deixa a água escoar e fica esse lamaçal todo. Além disso, os esgotos dos moradores são tapados e, em algumas ruas por aqui, é possível ver dejetos espalhados por elas. Fica a céu aberto mesmo”, conta Anderson Correia.

     A falta de iluminação também entrou para a lista de problemas que o morador disse que começaram após o início das obras do Prosamim. Para ele, o perigo aumentou na região, pois acaba facilitando a ação de assaltantes.

    “A escola é referência e há pessoas que treinam na quadra. Os praticantes de esporte acabam sendo prejudicados porque é muito escuro. Antes, aqui era um bairro tranquilo”, fala.

    Veja o vídeo feito pelo morador no local:

    Indignado, Anderson gravou a dificuldade que os alunos, pais e veículos que passam pelo local tem todos os dias | Autor: Anderson Correia

    Equipes da Prefeitura e Governo irão ao local

    De acordo com a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), uma equipe do Distrito de Obras da região deve comparecer ao local nesta quarta-feira (10) para fazer o levantamento dos serviços necessários para sanar o problema em questão. 

    Outra equipe da Secretaria Municipal de Parcerias e Projetos Estratégicos (Semppe) também irá a rua Pico das Águas, para verificar a situação e, assim, programar a manutenção das luminárias.

    Em nota, a pasta informou que o serviço será fiscalizado por técnicos da Unidade Gestora de Projetos Municipais e Abastecimento de Energia (UGPM Energia), estrutura vinculada à Semppe. A prefeitura reitera, em nota, que os serviços de manutenção na iluminação pública podem ser feitos pelo aplicativo "Manaus+Luz", disponível gratuitamente nas plataformas Android e IOS, ou pelo Call Center 0800-201-0001.  

    A Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) esclareceu à reportagem, por meio de nota, que a obra mencionada pelo morador é a revitalização urbanística e social do Igarapé da Cachoeira Grande, onde está situada a Comunidade Arthur Bernardes, no bairro São Geraldo, Zona Centro-Sul.

    Em relação ao acúmulo da água, a pasta acionou a construtora responsável pela obra para resolver o problema e que vai fiscalizar a ação da empresa diante da tomada de medidas para não comprometer a passagem, à seco, pela via. 

    Leia Mais 

    Forte chuva causa estragos e transtornos em Manaus

    Muro desaba em cima de dois veículos durante chuva em Manaus

    Vídeos mostram pontos alagados em Manaus durante a forte chuva

    Comentários