Fonte: OpenWeather

    Fake News


    Seap diz que vídeo com presos em fuga não é de rebelião no Compaj

    Imagens divulgadas mostram presos saindo por uma abertura na parte superior do presídio e insinuam que foram registradas neste domingo. Seap nega e ainda aguarda para identificar os mortos

     

    Imagens e vídeos que circulavam não eram de rebelião deste domingo (26)
    Imagens e vídeos que circulavam não eram de rebelião deste domingo (26) | Foto: Divulgação

    Manaus - As imagens que circulam nas redes sociais e divulgadas em alguns sites de notícias, mostrando detentos em fuga, não são da ocorrência deste domingo (26), durante rebelião que ocorreu no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), localizado no km 8 da BR-174 A  informação é da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap).

    Até o momento, não há registro de fugas e o levantamento com o número de mortos está sendo realizado pela Seap.

    Veja o vídeo divulgado como se fosse hoje | Autor: Reprodução
     


    Entenda o caso:

    A rebelião dentro do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) está controlada, afirmam a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-AM) e a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap). Reforços foram enviados para os demais presídios do Estado para evitar motins sequenciados, em virtude das 10 mortes confirmadas dentro do presídio onde ocorreu também o massacre de 56 mortos em janeiro de 2017.

    De acordo com familiares de presos, a rebelião aconteceu no momento da visitação. "Estávamos visitando os presos quando começou um corre-corre e gritaria. Todo mundo saiu correndo, mas alguns presos foram levados para a quadra", contou a mãe de um detento.

    Em nota, os órgãos informaram que o Grupo de Intervenção Prisional (GIP), companhia do Batalhão de Choque da Polícia Militar, foi acionado pela Seap para atuar no Compaj, onde estava acontecendo uma briga entre presos. Os policiais fizeram a intervenção no presídio, por volta do meio-dia.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Sobe para 10 o número de mortes em novo massacre no Compaj

    Rebelião, agora controlada, começou durante visita de familiares



    Comentários