Fonte: OpenWeather

    Sumiço


    Família procura por agricultor desaparecido há 5 dias em Manaus

    O jovem tem 26 anos e possui três tatuagens no corpo. Um dos desenhos é de um cachorro no pé esquerdo

    O agricultor foi visto pela última vez no dia 28 de dezembro de 2019 | Foto: Divulgação

    Manaus - Desaparecido há cinco dias, os familiares seguem na procura do agricultor Cláudio Adriano da Silva Macedo, de 26 anos. Conforme informações da Delegacia Especializada de Ordem Pública e Social (Deops), o jovem foi visto, pela última vez, por volta das 23h00 do dia 28 de dezembro de 2019.

    De acordo com a mãe de Cláudio, durante a noite o jovem saiu da casa onde mora, situada na comunidade São João, no km 4 da BR 174, sem informar aos familiares onde iria e, desde então, não houve mais informações sobre o agricultor.

    Na manhã desta quinta-feira (2), o Em Tempo conversou com o tio da vítima, que informou que ainda não há pistas sobre o paradeiro de Cláudio.

    “Nós já fizemos buscas nas proximidades de onde ele morava, inclusive já vasculhamos um matagal, perguntamos sobre ele na região, mas ninguém soube dizer nada. Infelizmente, nesses casos é a família que sofre. Nós pedimos para que quem souber de algo que informe para nós”, desabafou o familiar.

    Questionado sobre os motivos que poderiam ocasionar um possível homicídio, o familiar informou que não houve nada recente que pudesse justificar o sumiço. Mas, informou que o jovem era usuário de drogas e consumia bebidas alcoólicas.

    Ainda conforme a mãe, Cláudio possui três tatuagens, sendo duas delas com a palavra “Elite” nas costas e braço esquerdo, além de um desenho de um cachorro no pé esquerdo. Quando saiu de casa pela última vez, o jovem vestia uma bermuda verde e calçava sandálias azuis.

    Qualquer informação sobre o desaparecido pode ser repassada aos familiares nos números: (92) 99602-4147 ou 99354-9195. Se preferir, pode entrar em contato com a Polícia Civil do Amazonas, por meio do número (92) 3214-2268, da Delegacia Especializada em Ordem Política e Social.

    Comentários