Fonte: OpenWeather

    Meio ambiente


    Cerca de 400 quelônios são soltos em Reserva Ambiental de Manaus

    A soltura dos filhotes de tracajás, irapucas e tartarugas ocorreu nas comunidades Nova Esperança, São Francisco do Chita e Bela Vista do Jaraqui.

    | Foto: Divulgação/Sema

    Manaus - No último fim de semana, 398 filhotes de quelônios foram soltos na Unidade de Conservação (UC), gerida pela Secretaria de Estado Meio Ambiente (Sema) , por moradores de três comunidades da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Puranga Conquista. Os monitores contaram com a supervisão à distância de técnicos da Sema nos processos de coleta dos ovos até a devolução dos animais à natureza. 

    A soltura dos filhotes de tracajás, irapucas e tartarugas ocorreu nas comunidades Nova Esperança, São Francisco do Chita e Bela Vista do Jaraqui. A atividade teve início no dia 23 de maio, em alusão ao Dia Mundial da Tartaruga, e seguiu até domingo (24/05), por meio dos monitores ambientais capacitados pela Sema Amazonas, segundo explica o secretário de Estado do Meio Ambiente, Eduardo Taveira. 

    “Esse é um momento muito especial nas nossas Unidades de Conservação, mais ainda porque foi a primeira soltura de quelônios realizada nas comunidades São Francisco e Bela Vista. Para não colocar os comunitários em risco e nem comprometer o trabalho de monitoramento dessas espécies, a gestão da UC criou um canal de comunicação com os monitores para auxiliá-los durante todo esse processo”, disse. 

    Capacitação

    Em 2019, moradores das comunidades receberam capacitação de dois dias para realizar o monitoramento das espécies de quelônios da região. A ação na RDS inicia em agosto, momento em que ocorre a coleta de ovos das praias para os tabuleiros, onde ficam até o período de eclosão. Após o nascimento, os quelônios são colocados em piscinas artificiais e seguem no local até alcançarem o tamanho necessário para serem soltos na natureza em segurança. 

    “Nós ficamos muito felizes por esse resultado, em especial com todo o acompanhamento da Sema sendo feito de maneira remota. Os monitores ficaram o tempo todo nos passando o feedback do processo de monitoramento até a soltura dos filhotes de volta para a natureza”, destacou a gestora da RDS Puranga Conquista, Adilla Matos. 

    A soltura de quelônios na Reserva contou ainda com a participação de monitores das comunidades Barreirinha e Novo Canaã. A atividade é realizada no âmbito do Programa de Monitoramento da Biodiversidade e do Uso Sustentável de Recursos Naturais (Probuc) da Sema, executado em 13 Unidades de Conservação Estaduais do Amazonas.


    Com informações da assessoria

    Comentários