Fonte: OpenWeather

    Em Manaus


    Estabelecimentos são multados por descumprirem medidas contra Covid-19

    Neste final de semana, sete estabelecimentos comerciais em Manaus foram autuados por descumprirem medidas de proteção contra Covid-19. Veja na matéria:

    60 estabelecimentos entre bares, restaurantes, postos de combustíveis e eventos clandestinos foram vistoriados
    60 estabelecimentos entre bares, restaurantes, postos de combustíveis e eventos clandestinos foram vistoriados | Foto: Divulgação

    Manaus - Embora a pandemia não tenha acabado e ainda dá sinais de crescimento em determinados bairros, estabelecimentos comerciais em Manaus insistem em driblar a fiscalização e descumprir as leis impostas em razão da Covid-19.

    Neste final de semana, sete estabelecimentos comerciais foram autuados pela Central Integrada de Fiscalização (CIF).

    De acordo com a assessoria, entre a sexta-feira (16/10) e a noite de domingo (18/10), 60 estabelecimentos entre bares, restaurantes, postos de combustíveis e eventos clandestinos foram vistoriados. Duas pessoas foram presas por desacato. 

    Autuações

    Estabelecimento multado por irregularidades
    Estabelecimento multado por irregularidades | Foto: Divulgação

    Um bar na Avenida Via Láctea, bairro Adrianópolis, zona Sul, foi autuado porque estava com aglomeração de pessoas e funcionava em horário não permitido. 

    Outros dois estabelecimentos na zona centro-oeste foram notificados por falta de licença sanitária ou Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB). 

    Bar lacrado por irregularidade
    Bar lacrado por irregularidade | Foto: Divulgação

    Na Avenida Cosme Ferreira, bairro Zumbi, zona Leste, um homem foi preso por desacato e ameaçar agredir fisicamente um policial. O infrator foi conduzido ao 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP). O bar também foi interditado por falta de licença e aglomeração. 

    Mulher detida por desacato à autoridade

    Evento realizado às escuras para driblar a fiscalização
    Evento realizado às escuras para driblar a fiscalização | Foto: Divulgação

    Um evento clandestino no bairro Flores, zona centro-sul de Manaus, foi encerrado na madrugada de domingo. Aproximadamente 600 pessoas estavam no local e foram localizadas escondidas em um galpão atrás do espaço, às escuras, para tentar evitar o flagrante. Na ocorrência, uma mulher foi detida por desacato a autoridade.

    Flutuantes 

    As equipes da CIF também realizaram fiscalização aos flutuantes da capital, na tarde de sábado e domingo. Ao todo, 19 locais foram visitados e a maioria estava fechada. De acordo com o Decreto Nº 42.794, ficam suspensos, no âmbito estadual, até o dia 26 de outubro de 2020, o acesso às áreas de praias para recreação. 

    Orgãos de fiscalização

    Participam da CIF órgãos estaduais, municipais e federais, incluindo as Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Ouvidoria da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), Visa Manaus, Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (Immu), e Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento e Gestão Integrada (Seagi/SSP-AM), e Marinha do Brasil.

    Leia mais:

    'Não será obrigatória e ponto', diz Bolsonaro sobre vacina da Covid-19

    Presos da 'Operação Sangria' deixam presídios no Amazonas

    Brasil registra primeiro caso de gato infectado com Covid-19 por donos



    Comentários