Fonte: OpenWeather

    Prosamim


    Obras do Prosamim são paralisadas em Manaus

    Paralisação atende o Decreto nº 43.303, que ampliou as medidas restritivas no combate à disseminação do coronavírus

     

    Desde março de 2020, quando foram registrados os primeiros casos de Covid-19, as obras executadas pela UGPE já vinham adotando os protocolos de segurança nos canteiros
    Desde março de 2020, quando foram registrados os primeiros casos de Covid-19, as obras executadas pela UGPE já vinham adotando os protocolos de segurança nos canteiros | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - Em cumprimento ao Decreto nº 43.303, de 23 de janeiro de 2021, que permite a continuidade de obras e serviços de engenharia apenas relacionados à saúde, a Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE) determinou a imediata paralisação das obras do Prosamim III, em Manaus, até o dia 31 de janeiro. 

    Desde março de 2020, quando foram registrados os primeiros casos de Covid-19, as obras executadas pela UGPE já vinham adotando os protocolos de segurança nos canteiros, como o uso de máscaras e a disponibilização de álcool em gel. 

    O subcoordenador de Planejamento, Leonardo Barbosa, disse em nota ao EM TEMPO que a retomada das atividades estará condicionada à garantia das condições de segurança sanitárias. “A prioridade, no momento, é conter a disseminação do vírus, quebrando a cadeia de transmissão, por meio da restrição de circulação de pessoas, reduzindo a pressão sobre os sistemas de saúde públicos, particulares e salvando vidas”, afirmou o subcoordenador. 

    Obras

    Atualmente, as intervenções do Prosamim III, empregam a mão de obra de 186 operários(as), divididas em obras de requalificação urbanística nos igarapés do 40 e do Mestre Chico, e construção de uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), bem como de conclusão das reformas dos parques residenciais entregues nas fases I e II do programa. 

    Leia mais:

    WWW.EMTEMPO.COM.BR


    Comentários