Fonte: OpenWeather

    Pandemia Covid-19


    Amazonas é o estado com maior taxa de óbitos por Covid-19

    Na última semana, o Amazonas registrou média de 135 óbitos, o que faz o estado subir no ranking semanal, perdendo apenas para São Paulo - que tem população dez vezes maior

     

    Na última semana, o Amazonas registrou média de 135 óbitos, o que faz o estado subir no ranking semanal, perdendo apenas para São Paulo - que tem população dez vezes maior
    Na última semana, o Amazonas registrou média de 135 óbitos, o que faz o estado subir no ranking semanal, perdendo apenas para São Paulo - que tem população dez vezes maior | Foto: Divulgação

    Manaus (AM) - O Amazonas ultrapassou o Rio de Janeiro e se tornou o estado com maior a maior taxa de mortalidade por Covid-19 no Brasil desde o começo da pandemia. São 171,87 óbitos a cada 100 mil habitantes, de acordo com dados da plataforma Monitora Covid-19, da Fiocruz.  Até dezembro o Rio tinha a maior taxa de mortalidade no País.  

    ´Indices recentes

    Na última semana, o Amazonas registrou média de 135 óbitos, o que faz o estado subir no ranking semanal, perdendo apenas para São Paulo - que tem população dez vezes maior. A taxa de mortalidade registrada no Amazonas é maior que a dos piores momentos da pandemia em países como a Itália, que viveram dias dramáticos em meados de 2020. 

    Os números, segundo o pesquisador da Fiocruz, Christovam Barcellos, trazem um dado ainda pior: a altíssima taxa de letalidade da doença, ou seja, as chances de alguém morrer se contrair covid no Amazonas.   "O valor observado para o Amazonas é de 5,0%, só abaixo do verificado no Rio de Janeiro, com valor de 5,3%. A taxa de letalidade no Brasil varia entre 1 e 2% e indica que há um excesso de mortes em relação aos casos registrados. no estado".

    Ranking

    No ranking, o Rio de Janeiro continua com mortalidade elevada. São 166 óbitos a cada 100 mil habitantes desde março de 2020. Na sequência aparecem Distrito Federal (147), Espírito Santo (140), Mato Grosso (139,5) e Roraima (130). São, ao todo, 14 estados com taxa de mortalidade acima de 100 mil habitantes. 

    Leia mais

    www.em.tempo.com.br/coronavirus

    www.emtempo.com.br/ultimas

    www.emtempo.com.br/amazonas


    Comentários