Fonte: OpenWeather

    Cooperação


    Sepror lança programa “Tambaqui Plus" junto à prefeitura de Figueiredo

    A prefeita de Presidente Figueiredo, Patrícia Lopes, ressaltou a importância do Termo entre Governo e Prefeitura

     

    O município possui um grande potencial para a piscicultura
    O município possui um grande potencial para a piscicultura | Foto: Divulgação

    O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror), assinou, na última sexta-feira (9), durante o “Dia no Campo”, em Presidente Figueiredo (distante 117 quilômetros de Manaus) o Termo de Cooperação Técnica com a Prefeitura do município, para o desenvolvimento das atividades do Centro de Treinamento, Tecnologia e Produção em Aquicultura (CTTPA) da vila de Balbina.

    Na ocasião, também foi lançado o “Programa Tambaqui Plus” que, por meio de chipagem do peixe, permite a seleção do Tambaqui sem parentesco, através da genética, com o intuito de produzir formas jovens (pós-larvas e alevinos) de peixes de qualidade superior.

    O Programa Tambaqui Plus é resultado de certificação de qualidade obtida pela Sepror, junto à Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa)

    De acordo com o secretário da Sepror, Petrucio Magalhães Júnior, o município possui um grande potencial para a piscicultura, onde são produzidos pós-larvas e alevinos, que são distribuídos para todo o Estado.

    "

    Estamos profissionalizando os produtores, trazendo crédito para fomentar ainda mais a piscicultura, e, também, prestando assistência técnica para esses piscicultores. A parceria com o município é muito importante, porque essa estação está em expansão, e essa parceria vai selar o compromisso do Governo com a Prefeitura para termos uma piscicultura cada vez mais forte "

    Petrúcio Júnior, titular da Sepror,

    A prefeita de Presidente Figueiredo, Patrícia Lopes, ressaltou a importância do Termo entre Governo e Prefeitura. “Hoje estamos vivendo um momento importante para os piscicultores da região. Essa parceria irá proporcionar novos projetos, e fazer com que todos os piscicultores tenham o apoio necessário para crescer e gerar cada vez mais emprego e renda no município”, enfatizou a prefeita.

    O “Dia no Campo” teve a participação de 50 aquicultores do município, que foram orientados por técnicos da Secretaria Adjunta de Pesca e Aquicultura (Sepa) da Sepror, para capacitação em “Boas Práticas em Análise da Qualidade da Água nos Viveiros Aquícolas, Aclimatação de Formas Jovens em Viveiros Aquícolas”, bem como “Avaliação Sanitária dos Juvenis”.

    Beneficiados

    A piscicultora Maria do Carmo, 72, moradora da Comunidade Boa Esperança de Presidente Figueiredo, relata que sempre é orientada por técnicos da Sepror, do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário Florestal e Sustentável do Amazonas (Idam) local, e pela Prefeitura do município.

    “Já faz 5 anos que recebo alevinos da Sepror, e, anualmente, sempre vendo minha produção na Semana Santa para a Prefeitura. Esses alevinos que recebemos beneficiam a mim e meu esposo. Produzir peixe dá trabalho, mas graças ao Governo do Amazonas, recebo orientação dos técnicos do Idam, agilizando e facilitando minha produção”, afirmou.

    Lançamento do “Alevinão”- Segundo o secretário da Sepa, Leocy Cutrim, o Sistema Sepror vem trabalhando intensamente para tornar a atividade da piscicultura mais sustentável e empreendedora.

    *Com informações da assessoria

    Leia Mais:

    Praia da Ponta Branca e os relatos de um paraíso perdido em Manaus

    Dia do Infectologista: atuação ganha destaque na luta contra a Covid

    Vídeo: Acidente deixa motorista ferido e veículo destruído em Manaus

    Comentários