Fonte: OpenWeather

    Dicas


    Saiba como evitar assaltos e roubos em Manaus durante o Carnaval

    Polícia fala sobre as atividades de policiamento e como o cidadão pode prevenir-se dos crimes durante o período

    Polícia pede para evitar multidões que facilitem a ação de criminosos | Foto: Márcio Melo

    Manaus - Durante o período de carnaval e volta às aulas, é comum notar uma presença maior da polícia nas ruas da cidade para tentar coibir a ação de criminosos, mas ainda assim os manauaras acabam desenvolvendo suas próprias técnicas para evitar serem assaltados ao andarem pelas ruas da cidade. 

    A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas, informou que em 2018 apenas o crime de furto teve um aumento comparado ao ano anterior. O crescimento foi de 9%, totalizando 3.227 ocorrências a mais que o ano de 2017.

    O estudante Carlos Araújo, de 24 anos, disse que procura estar sempre se movimentando para evitar ser assaltado, mas acabou sendo vítima de um crime no bairro Compensa, zona Oeste, enquanto esperava a rota para ir trabalhar no Distrito Industrial."Dois homens em uma moto abordou o grupo de funcionários, que aguardava o transporte, levando os aparelhos celulares de todos".

    Dhanilo Brelaz, 22, veio do Rio de Janeiro para passar as férias com a família amazonense, em Manaus. Ele contou que acabou tendo o celular roubado no Largo São Sebastião, enquanto passeava com o irmão e uma amiga.

    "Eu morei um ano em Madureira, um bairro considerado 'barra pesada' no Rio, e lá nós tínhamos a estratégia de sempre andarmos juntos para evitar assaltos, mas aparentemente não tem efeito aqui em Manaus", disse o estudante de arquitetura.

    Agora, ele toma mais precauções ao sair de casa, como andar sempre acompanhado, ficar próximo a estabelecimentos abertos e pegar sempre o caminho mais movimentado. Ele também recomenda gritar "pega ladrão" ao ser roubado, mas disse que em Manaus poucos reagem ao ouvir o pedido de ajuda.

    Prevenção de crimes

    O coronel César Andrade, da Polícia Militar, diz que é importante aumentar a atenção durante esse período e dá dicas de como se prevenir os furtos e roubos durante essa época do ano:

    Atenção redobrada aonde coloca o seu dinheiro;

    Cuidado com a aproximação de pessoas oferecendo facilidades;

    Planejar onde vai deixar seu veículo. É melhor deixá-lo em um estacionamento pago ou no estacionamento da empresa;

    Evitar negócios mirabolantes para não cair em golpes.

    Já para quem vai curtir as festas de Carnaval, as orientações são outras:

    Levar apenas o necessário;

    Utilizar transporte publico ou de aplicativo para não dirigir alcoolizado;

    Evitar volumes no bolso, como celular no bolso de trás;

    Não ficar sozinho e também não ficar preso no meio de multidões, para dificultar a ação de batedores de carteira;

    Evitar ficar sozinho em paradas de ônibus, ficar sempre em pequenos grupos de amigos;

    Evitar ingerir muita bebida alcoólica.

    O que diz a polícia?

    O coronel César Andrada atua como Comandante do Policiamento de Área da região Centro-Sul e informa que a Polícia Militar cria uma planejamento baseado nos eventos e datas comemorativas do trimestre.

    "Nós fazemos uma estratégia específica para um determinado grupo de pessoas e para um determinado período do ano, como ocorre nesse trimestre, onde teremos o Carnaval e Volta às aulas", explicou.

    As equipes policiais analisam as áreas de maior circulação e se dedicam aos pontos chaves de cada período do ano. Durante o período de Volta às aulas, por exemplo, a polícia irá se atentar ao trajeto que a população faz entre as livrarias, caixas eletrônicos e paradas de ônibus.

    O comandante esclarece que a região Centro-Sul possui shoppings, escolas, faculdades e clínicas, acaba tendo um fluxo bem grande de pessoas, o que atrai a atenção de criminosos. Segundo ele, o crime mais cometido nessa região é o furto de pequenos objetos, como carteiras e celulares. 

    Ele alerta ainda que os crimes também ocorrem, geralmente, na região do Sambódromo e da Arena da Amazônia durante festas e momentos de aglomeração.

    Furtos no estado

    Entre os demais tipos de crimes contabilizados pelo setor de estatísticas do órgão, os que tiveram a maior queda no número de ocorrências foram o roubo e furto de veículos, com uma diminuição de até 35%.

    Leia mais:

    Esquenta da banda LGBT Folia acontece neste domingo

    Você conhece a história do Carnaval de Manaus?

    Comentários