Fonte: OpenWeather

    Tragédias


    Seis pessoas morrem em acidentes de trânsito neste fim de semana

    O que chama atenção são as semelhanças das ocorrências. Três morreram por colisões de motos em postes e outras duas por atropelamentos

    Seis pessoas morreram no trânsito
    Seis pessoas morreram no trânsito | Foto: Divulgação

    Manaus - O fim de semana em Manaus foi marcado por mais mortes no trânsito do que por homicídios. De acordo com os registros do Instituto Médico Legal (IML), pelo menos, seis pessoas morreram entre a noite da última sexta-feira (5) e a madrugada deste domingo (7). As três primeiras ocorrências tiveram as mesmas características, colisão de moto em poste. 

    A mais trágica aconteceu na avenida Q, do conjunto Santa Inês, no bairro Jorge Teixeira, por volta das 6h30 deste sábado (6). Jonathan Izidoro de Miranda, 26, desviou de um ônibus em uma curva perigosa, perdeu o controle e bateu em um poste. Ele teve a cabeça esmagada, já que estava sem o capacete. 

    O primeiro acidente de trânsito ocorreu de sexta para sábado, por volta das 2h, na Avenida Santos Dumont, bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus. A vítima, de 26 anos, conduzia uma motocicleta e colidiu contra um poste na localidade.

    Detento do semiaberto colidiu com poste
    Detento do semiaberto colidiu com poste | Foto: Joandres Xavier

    Na Avenida Camapuã, no bairro Novo Aleixo, na Zona Norte da capital, um outro homem, de 30 anos, que também conduzia uma motocicleta, morreu ao colidir contra um poste. O caso aconteceu perto do Terminal de passageiros (T4).

    Atropelamentos

    Já de sábado para domingo, o que predominaram foram as mortes por atropelamento. o primeiro caso vitimou uma criança ainda na tarde de sábado, por volta das 16h20. Ronilson Santos de Oliveira, de apenas 1 ano e 4 meses, morreu depois de ser atropelado na rua Projetada, no bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus. 

    O registro do IML não tinha maiores informações sobre o caso, informava apenas que a criança ainda chegou a ser levada para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Campos Sales, mas não resistiu e morreu por volta das 16h50. 

    Ciclista

    O segundo atropelamento, que aconteceu horas depois, foi de um ciclista, identificado como Diego Ruan de Oliveira Pimentel, 26. O autônomo foi atingido por um táxi, por volta das 19h20 de sábado na BR-174, na altura do KM 122, já no município de Presidente Figueiredo. Mas por ser manauara, o corpo da vítima foi trazido para o IML de Manaus.

    Ciclista é atropelado na BR-174
    Ciclista é atropelado na BR-174 | Foto: Divulgação

    O motorista relatou no local que não viu o ciclista. A vítima foi arremessada, e teve fratura exposta nos dois braços. O local, na zona rural do município de Presidente Figueiredo, é bastante escuro. A vítima morreu na hora e o carro chegou a ser arremessado para uma área de mata.

    A última vítima do trânsito até às 12h deste domingo foi o cabeleireiro Adriel Aprígio da Silva, de 27 anos. As autoridades não souberam detalhar a dinâmica do acidente, que ocorreu por volta das 0h10, na avenida Brasil, bairro Compensa. Adriel também morreu no local. 

    Edição: Bruna Souza

    Veja reportagem da TV Em Tempo:
    Veja reportagem | Autor: Victor Gouveia/TV Em Tempo
    Leia mais: 

    Muro desaba em cima de dois veículos durante chuva em Manaus

    Na BR-174 ciclista manauara é atropelado por táxi e morre na hora

    Curva perigosa motociclista morre ao colidir com poste em Manaus

    Comentários