Fonte: OpenWeather

    Aporte financeiro


    FCecon irá receber R$ 7 milhões para investimentos no hospital

    Maior parte dos recursos serão alocados principalmente no centro cirúrgico e no setor de patologia

    A Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon) atende até 25 novos pacientes do Amazonas e de outros Estados e países, todos os dias | Foto: Divulgação

    Manaus - A Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon) deve receber ainda este ano R$ 7 milhões em recursos que serão aplicados na melhoria da estrutura do hospital,que atende até 25 novos pacientes do Amazonas e de outros Estados e países, todos os dias.

    Os R$ 7 milhões em recursos serão liberados através de emenda parlamentar do deputado federal Bosco Saraiva (Solidariedade), que anunciou o aporte nesta segunda-feira (20), em visita à Fundação. Além deste valor, outra emenda, no valor de R$ 1,2 milhão, já está assegurada para equipar duas salas do Centro Cirúrgico da instituição. 

    Segundo a diretora administrativa-financeira, Nilda Maria da Silva, os recursos serão alocados principalmente no Centro Cirúrgico. A Fundação tem nove salas no Centro Cirúrgico, com cinco em pleno funcionamento.

    “As salas cirúrgicas funcionando vamos dar mais celeridade, esse paciente vai ser atendido com maior rapidez. Isso vai dar melhor condição de vida e maior expectativa de sobrevida para essas pessoas”, disse Nilda.

    Também vão receber os investimentos o Setor de Patologia, responsável pela análise de biópsias, e o Centro Cirúrgico Ambulatorial, que realiza pequenos procedimentos em quatro salas, deixando o Centro Cirúrgico disponível para ações mais complexas.

    Atendimentos – A FCecon abre, em média, até 25 novos prontuários de pacientes que passam a fazer tratamento contra o câncer, todos os dias. De janeiro a abril de 2019, 1.784 pessoas iniciaram tratamento na Fundação. 

    Entre os pacientes, há moradores de Estados da Região Norte, como o Pará (174 pacientes), e até mesmo de outras regiões, como o Nordeste. Do Estado do Maranhão, deram entrada na FCecon 37 pessoas com câncer; do Ceará, outras 25. Somente da Venezuela foram 26 pacientes no primeiro quadrimestre deste ano.

    O diretor-presidente da FCecon, mastologista Gérson Mourão, destacou que com os recursos os serviços oferecidos à população na Fundação serão alavancados. 

    Liberação – Os recursos devem ser liberados ainda em 2019, informou o deputado Bosco Saraiva, dependendo apenas do andamento de processos burocráticos.

    “Esse é um dos hospitais mais importantes do Brasil e seguramente um dos mais importantes do Norte. Tenho convicção que a destinação destes R$ 7 milhões em emenda parlamentar é uma atitude necessária neste momento”, avaliou Saraiva.

    A aplicação dos recursospár a melhoria do hospital  será acompanhaa pelo Ministério da Saúde (MS). 

    *Com informações da assessoria

    Leia Mais 

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Saúde do Interior ganha reforço com inauguração de Unidade Fluvial

    Transplantes de rins no AM começam no segundo semestre, afirma Susam



    Comentários