Fonte: OpenWeather

    Justiça


    Vídeo: saiba o que fazer ao sofrer assédio moral no trabalho

    A maioria das vítimas desse tipo de assédio são mulheres jovens de 18 a 35 anos de idade

    Muitas pessoas que sofrem assédio moral não denunciam o caso à Justiça | Foto: Reprodução/TV Em Tempo

    Manaus - Você sabe o que caracteriza assédio moral? Muitas pessoas passam por situações humilhantes no ambiente de trabalho e não sabem como reagir. Um ex-funcionário de uma empresa, que não quis se identificar, conta que as intimidações no ambiente de trabalho eram diárias.

    As ameaças feitas pelo chefe influenciaram no comportamento do jovem. As consequências estão no dia a dia. Ele chegou a precisar de apoio psicológico para conseguir driblar as dificuldades.

    Casos como este são mais comuns do que se pensa. O garçom William Santos, de 21 anos, nunca passou pelo problema, mas relatou a história de uma amiga que foi vítima de assédio sexual por parte do dono da empresa.

    Processos judiciais

    O volume de processos na justiça do trabalho por assédio moral ainda é pequeno se comparado a outras demandas judiciais. No Amazonas, no ano passado, foram ajuizados 633 processos caracterizando situações humilhantes sofridas no ambiente de trabalho. O problema é que nem todo empregado tem coragem de denunciar.

    Nem sempre o assédio no ambiente de trabalho pode ser comprovado pela vítima. O juiz trabalhista João Alves orienta a qualquer empregado que se sinta ofendido a documentar a agressão.

    As consequências para quem humilha um funcionário no ambiente de trabalho são multas severas, por causa dos danos morais causados à vítima. A maioria das pessoas que sofrem assédio moral no trabalho são mulheres jovens, entre 18 a 35 anos de idade. Algumas se submetem e suportam em silêncio, mas outras não se deixam intimidar.

    Veja a reportagem completa da TV Em Tempo:

    Veja reportagem | Autor: Alex Costa/TV Em Tempo
     

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Repórter da TV Record é acusado de assediar pelo menos 12 mulheres

    Procon Manaus vai à Justiça contra agências bancárias

    Assista mais vídeos da TV Em Tempo

    Comentários