Fonte: OpenWeather

    Educação


    Vídeo: Seduc analisa propostas para repor aulas perdidas em greve

    Todas as escolas estaduais devem retomar as atividades nesta semana

    Alunos podem ficar sem o recesso do meio do ano ou então estudar durante os fins de semana | Foto: Reprodução/TV Em Tempo

    Manaus - Os professores finalmente voltaram à sala de aula na última segunda-feira (27). A categoria busca agora definir como vai ser o reposicionamento das aulas para não atrasar o calendário escolar e não prejudicar os estudantes.

    As aulas foram retomadas na capital e nos municípios do interior após 41 dias de greve. O Sindicato dos Professores (Sinteam) se reuniu pela manhã em Manaus para definir como as aulas perdidas vão ser repostas para não prejudicar o calendário escolar.

    A presidente do Sinteam, Ana Cristina Rodrigues, disse que duas propostas serão encaminhadas à Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

    Na primeira proposta, os alunos ficam sem o recesso escolar do meio do ano e ganham o sexto tempo, ou seja, devem permanecer na sala de aula por mais 50 minutos. Na segunda proposta, os estudantes precisarão estudar durante os fins de semana e feriados.

    As duas propostas vão ser analisadas pelo conselho estadual de educação. Os alunos não devem ser prejudicados pois o calendário escolar não vai sofrer alteração e as aulas devem terminar na segunda quinzena de dezembro.

    Nesta semana, todas as escolas terão suas atividades normalizadas nos três turnos. Em nota, a Seduc informou que vai continuar acompanhando o andamento das aulas e as reposições de acordo com a escolha do conselho.

    Veja a reportagem completa da TV Em Tempo:

    Veja reportagem | Autor: Juliano Couto/TV Em Tempo
     

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Após 40 dias, Asprom anuncia fim da greve dos professores no Amazonas

    Reajuste dos professores é aprovado após negociação com o Governo

    Assista mais vídeos da TV Em Tempo

    Comentários