Fonte: OpenWeather

    Invasão


    Polícia faz reintegração de posse em área de invasão, no Tarumã

    Os trabalhos estão sendo realizados com apoio da Ronda Ostensiva Cândido Mariano Cândido Mariano (Rocam), Força Tática e Cavalaria

    Vários policiais participam da ação | Foto: Josemar Antunes

    Manaus - A Polícia Militar realizou uma reintegração de posse na manhã desta quinta-feira (6). A ação acontece em uma área de invasão na estrada do Tarumã, no bairro Tarumã, na Zona Oeste de Manaus. 

    Dezenas de famílias, que moravam de forma irregular no local, foram retiradas da área. A ação foi realizada em cumprimento a ordem judicial. 

    Os trabalhos estão sendo realizados com apoio da Ronda Ostensiva Cândido Mariano Cândido Mariano (Rocam), Força Tática e Cavalaria.

    Mãe com o filho no local olhando a ação da PM
    Mãe com o filho no local olhando a ação da PM | Foto: Josemar Antunes

    O terreno particular foi invadido por dezenas de famílias que justificam estarem no local por falta de moradias dignas.

    Há um mês, o Portal Em Tempo esteve no local e constatou a construção de vários barracos de madeiras e demarcados com os nomes das pessoas que seriam donos dos lotes. Alguns eram sendo vendidos pelo valor de R$ 500. 

    Um dos líderes do movimento para ocupar a área seria Lilian, a esposa de um líder indígena conhecido como "Aguinaldo". Além dela, traficantes também estariam atuando na ocupação. 

    Segundo relatos de um mototaxista, que preferiu não se identificar, os invasores estão no local há mais de um mês. Na área há famílias com crianças, idosos e adolescentes. O proprietário da área particular não informou ao Em Tempo quais providências seriam tomadas por ele a respeito do caso.

    Momento da reintegração de posse
    Momento da reintegração de posse | Foto: Josemar Antunes

    "Cidade das Luzes" 

    Em dezembro de 2015, uma grande operação da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) retirou os invasores do local e destruiu milhares de barracos erguidos na ocupação irregular. 

    Após a reintegração de posse, a Área de Preservação Ambiental (APA) voltou a ser ocupada por milhares de famílias. Os primeiros barracos foram levantados antes das eleições municipais de 2016. 

    A ação é em cumprimento a mandado judicial
    A ação é em cumprimento a mandado judicial | Foto: Josemar Antunes

    Na época, o então defensor público do Amazonas, atualmente vice-governador do Amazonas, Carlos Alberto Almeida Filho, tratou o problema da Cidade das Luzes como “falta de planejamento”. 

    Veja reportagem da TV Em Tempo:

    Veja reportagem | Autor: Juliano Couto/TV Em Tempo
     

    Leia mais: 

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Área verde no Tarumã é ocupada de forma irregular por várias famílias

    Traficantes usam invasão no Tarumã para ampliar domínio do tráfico

    Comentários