Fonte: OpenWeather

    Empreendedorismo


    Prêmio Nacional de Educação Empreendedora terá representantes do AM

    Ao todo, 16 projetos que incentivam o empreendedorismo no ensino concorreram. Um por categoria foi selecionado para representar o Amazonas nas fases regional e nacional

    Os vencedores receberam troféus e passam a representar o Amazonas nas etapas regional e nacional da premiação
    Os vencedores receberam troféus e passam a representar o Amazonas nas etapas regional e nacional da premiação | Foto: Reprodução

    Manaus - O Sebrae no Amazonas anunciou, nesta quinta-feira (13), os vencedores estaduais do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora (PSEE). O Prêmio é organizado em quatro categorias (ensino fundamental, médio, profissional e superior).

    Na categoria ensino fundamental, venceu o Centro Educacional Ajuricaba, com o projeto Feira do Empreendedor.  Na categoria ensino médio venceu o Instituto Federal do Amazonas (Ifam) compus Lábrea, com o projeto Mostra do Empreendedorismo no Ifam/Campus Lábrea.

    Na categoria ensino profissional, novamente o Ifam, porém campus Eirunepé, que ficou em primeiro lugar, tendo concorrido com o projeto Feira do Empreendedor na Escola: Ensino e Negócios. Por fim, na categoria ensino superior, o primeiro lugar ficou com a Faculdade de Tecnologia do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial/AM (FATESE), com o projeto Integrador do CST em Gastronomia.

    A diretora-superintendente do Sebrae/AM, Lamisse Cavalcanti, revela que se surpreendeu com total de inscritos no PSEE deste ano, mas espera que o destaque que é dado aos vencedores possa servir de exemplo para que outras instituições elaborem ações e projetos de empreendedorismo e assim possam disputar as próximas edições do PSEE. “Nossa expectativa é que mais instituições possam criar iniciativas de empreendedorismo e também possam, no próximo ano, receber o destaque e reconhecimento por suas realizações”, afirma.

    A diretora acadêmica da FATESE, Karla Bessa, elogiou a iniciativa do Sebrae e disse que a premiação é um reconhecimento e um incentivo a mais para que se invista empreendedorismo na educação amazonense. “Estamos muito felizes com esse reconhecimento, pois, na estrutura curricular dos cursos, temos disciplinas que estimulam o comportamento empreendedor nos alunos. Isso é uma prioridade para nós, porque é nossa missão também educar para o trabalho”, destacou. Ela explica que o projeto Integrador do CST em Gastronomia prevê que, num período de um ano, os alunos de gastronomia elaborem um plano de negócios na área de alimentação.       

    O prêmio

    O PSEE se destina a reconhecer e homenagear professores, secretários municipais e estaduais de educação, reitores, diretores, coordenadores e demais profissionais do ensino formal que coordenam projetos de incentivo ao empreendedorismo.

    Os vencedores receberam troféus e passam a representar o Amazonas nas etapas regional e nacional da Premiação, as quais devem acontecer, respectivamente, em julho e agosto deste ano. De acordo com a gestora estadual do Prêmio, analista técnica do Sebrae/AM, Gisele Sarmento Pinto, 16 projetos foram inscritos, avaliados por profissionais capacitados em empreendedorismo. 

    *Com informações da assessoria

    Leia Mais

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Prefeitura conquista o segundo lugar em premiação de empreendedorismo

    Banco de perfis genéticos do AM ganha destaque em publicação nacional       

    Comentários