Fonte: OpenWeather

    Entrevista


    Willace Souza comenta sobre 'Bandidos na TV' em entrevista exclusiva

    O filho do ex-deputado estadual e apresentador Wallace Souza abriu o jogo sobre a repercussão da série, sua vida na política e os últimos dias de vida do pai

    Filho de Wallace Souza, comenta sobre repercussão de 'Bandidos na TV'. | Foto: Reprodução

    Manaus - Duas semanas após a estreia, a série "Bandidos na TV" já é uma febre em Manaus, no Brasil e no mundo. O documentário, lançado no dia 31 de maio, retrata a história do apresentador e ex-deputado estadual Wallace Souza, investigado por planejar os crimes violentos que denunciava e investigava no programa "Canal Livre".

    Willace Souza, filho do ex-deputado, concedeu entrevista exclusiva ao "Programa Agora", da TV Em Tempo, nesta segunda-feira (17). Willace contou para a jornalista Márcia Lasmar a abordagem da produção, em relação à sua família e sobre como foi revisitar os momentos na época da investigação do "Caso Wallace", a morte do pai, seus objetivos e sonhos.

    Conforme Willace, ele não tinha conhecimento que se tratava de uma produção da Netflix. A produção apenas disse que seria um documentário a ser traduzido para 27 idiomas, porém não poderiam revelar em que veículo seria transmitido. “Eu notei que seria uma grande oportunidade para falar pro mundo a nossa verdade. Contar para as pessoas o que a gente viveu, o que nós defendemos. Até porque foi algo que me comprometi com meu pai. Provar a inocência dele”, contou.

    Repercussão

    Willace ressaltou que toda a família feliz com a repercussão da série no Amazonas. Ainda desmentiu a informação que a família Souza teria recebido o valor de R$ 2 milhões para autorizar a divulgação do caso.

    “O único valor que nossa família recebeu foi a dignidade e o respeito. Poder andar pelas ruas de cabeça erguida como pessoas inocentes que nós somos. Estamos bem felizes com o que repercutiu, pois a série é totalmente imparcial. Mostrou que a nossa defesa é mais convincente, naquela época com mais de 15 acusações, não conseguíamos nos defender”, afirmou Willace.

    Durante a entrevista, a jornalista questionou da possibilidade da repercussão atrapalhar o desenrolar processual do caso de Raphael Souza, condenado pelo assassinato do traficante Cleomir Pereira Bernardino, conhecido como ‘Caçula’, ocorrido em janeiro de 2007. Raphael teria cometido o crime para vingar a morte do tio, Ulysses Souza, vítima do consumo excessivo de entorpecentes.

    “Eu tenho absoluta convicção que ele não tem nenhuma participação. É totalmente absurdo, como que a Polícia pode dar veracidade em um depoente que mudou de depoimento mais de três vezes? Que não tem comprovação nenhuma e nenhuma credibilidade”, defendeu.

    Vida política

    Willace foi candidato a deputado federal nas eleições de 2018, pelo Avante, e recebeu o total de 2.712 votos. No entanto, ele conta que o seu maior sonho foi realizado após o lançamento da série, que pôde mostrar todos os lados da investigação. E que ainda que não descarta da possibilidade de continuar na política.

    “Meu maior sonho é o que eu estou vendo hoje. Eu dediquei a minha vida a isso, desde 2010. Meu sonho é continuar esse legado iniciado por ele. Contribuir com a sociedade, ajudar as pessoas. Fazer valer o nome do meu pai e meu nome para conhecer quem eu sou e o que eu posso fazer pela sociedade”, concluiu.

    Confira a reportagem completa

    Entrevista exclusiva para o programa Agora, da TV Em Tempo. | Autor: Reprodução/TV Em Tempo
     

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    ‘Caso Wallace’: testemunhas temem própria morte, diz diretor de série

    Repercussão sobre série de Caso Wallace passa despercebida na CMM

    Líder de audiência: série sobre Wallace Souza é sucesso na Netflix

    Comentários