Fonte: OpenWeather

    Ilha Tupinambarana


    Sejusc promove atividades de conscientização em Parintins

    A iniciativa propõe conscientização para o público a respeito das diversas formas de violência

    Entre os dias (26) e (30) de junho, período do 54º Festival Folclórico de Parintins, a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania
    Entre os dias (26) e (30) de junho, período do 54º Festival Folclórico de Parintins, a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania | Foto: Divulgação

    Manaus- Entre os dias 26 e 30 de junho, período do 54º Festival Folclórico de Parintins, a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), promoverá atividades de conscientização sobre temas como importunação sexual, feminicídio, violência contra a mulher e pessoa idosa, abuso e exploração sexual infantil, combate ao uso abusivo de álcool e outras drogas, além de rodas de conversa sobre Direitos Humanos da População LGBT e coleta de documentos perdidos.

    O Ônibus da Mulher também estará com os serviços disponíveis na Ilha Tupinambarana. No interior do veículo, o público receberá orientação sobre como proceder em casos de importunação sexual, violência, contando com um atendimento personalizado, em que profissionais conversam com as vítimas em cabines individuais.

    Segundo a titular da Sejusc, Caroline Braz, a iniciativa propõe conscientização para o público a respeito das diversas formas de violência. 

    “Sob a orientação do governador Wilson Lima, vamos trabalhar principalmente a questão da importunação sexual, que agora é tratada como crime, o que reforça a necessidade do debate sobre o assunto”, afirma a secretária. “Em Parintins, faremos abordagens educativas diariamente no porto, aeroporto e Bumbódromo”.

    Rodas de conversa

    Caroline Braz adianta ainda que, na quarta-feira (26), de 14h às 17h30, a equipe da Sejusc fará uma roda de conversa sobre Orgulho LGBT, na Universidade do Estado do Amazonas (UEA), com a participação de integrantes da Associação de Gays, Lésbicas e Travestis de Parintins e da Defensoria Pública do Amazonas.

    “O evento é aberto ao público e vai tratar de assuntos como os avanços das políticas LGBT com a aprovação da lei de criminalização da LGBTfobia, orientações sobre nome e gênero no Registro Civil e implementação do Conselho de Lei 4475”, comenta a titular da pasta de Justiça.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Triciclo: atração de Parintins é aprovado pelos turistas

    Arte visual: ‘Artistas Emergentes’ reúne obras de dez novos talentos

    Comentários