Fonte: OpenWeather

    Ato de fé


    Saída da procissão fluvial de São Pedro atrai centenas de fieis

    São Pedro, o padroeiro dos pescadores é homenageado na procissão

    São Pedro padroeiro dos pescadores
    São Pedro padroeiro dos pescadores | Foto: Leonardo Mota

    Manaus- Completando 70 anos, a procissão fluvial de São Pedro saiu nesta tarde de sábado do Porto da Panair, às 15h em direção à ponte do Rio Negro.

    O tema da celebração deste ano é "Com São Pedro somos todos irmãos" e o lema escolhido para o festejo que já marca o calendário religioso da cidade é "Cuidado com a vida, cuidado com o planeta".

    Os barcos estavam decorados para a procissão
    Os barcos estavam decorados para a procissão | Foto: LEONARDO MOTA

    O Arcebispo Dom Sérgio Castriani, hoje com 65 anos participa desta edição. Com muita dificuldade de locomoção estava na maior embarcação da celebração com mais 200 fiéis. 

    O arcebispo participou da procissão fluvial
    O arcebispo participou da procissão fluvial | Foto: Leonardo Mota

    Segundo o tenente Queiroz da Marinha do Brasil, responsável pela fiscalização e orientação das embarcações durante o trajeto, o trabalho com a procissão começou há três meses.

    A Marinha do Brasil teve o trabalho essencial para  evento
    A Marinha do Brasil teve o trabalho essencial para evento | Foto: Leonardo Mota

    "Nosso trabalho começou a meses e estamos na equipe com duas lanchas e um jetski para fazer a interceptação das embarcações e fazer com que ocorra tudo com segurança."

    Os fieis participam anualmente da procissão
    Os fieis participam anualmente da procissão | Foto: LEONARDO MOTA

    Os coroinhas de várias paróquias localizadas na cidade de Manaus participam das celebrações fluviais e terrestres, como também são responsáveis pela orientação dos fiéis.

    Lara Ludmila (14), Pedro Henrique (12), Ana Beatriz (19), Adriana Cristiane (22), Crisley Bento (18) e Loren Carvalho (13) aguardavam a saí da embarcação e contam que mesmo sendo de paróquias e igrejas diferentes sempre se encontram nas procissões.

    Os coroinhas participaram do festejo
    Os coroinhas participaram do festejo | Foto: Leonardo Mota

    O coroinha Crisley Bento (18) participa do festejo pela quarta vez e faz o acompanhamento na procissão terrestre, esta que acontece após a volta dos barcos.

    "É importante para mim, tenho uma devoção muito grande por São Pedro." enfatiza o fiel. 

    Pedro Henrique (12) participa pela primeira vez da procissão por promessa da tia ao santo padroeiro dos pescadores. 

    "Minha tia fez promessa para São Pedro quando minha mãe estava doente e não tinha condições de me ter, de que se eu conseguisse nascer meu nome seria o mesmo do santo."

    Rosa Maria (50) participa há mais de vinte anos da manifestação de fé e conta que participar do festejo é herança de família.

    Rosa Maria participa dos festejos há mais de 20 anos
    Rosa Maria participa dos festejos há mais de 20 anos | Foto: LEONARDO MOTA

    "Eu, junto com meus familiares tentamos resgatar e cultivar essa cultura religiosa. Para mim tem um significado muito grande. São Pedro nosso primeiro papa é nossa referência de igreja nessa terra."

    O secretário de pesca do estado Leocy Cutrin esteve no Porto acompanhando a saída das embarcações para a procissão. 

    O secretário falou sobre a importância do festejo
    O secretário falou sobre a importância do festejo | Foto: Leonardo Mota

    "É um momento de fé, principalmente para a grande massa católica do estado do Amazonas. Homenageia o apóstolo São Pedro, um pescador que Jesus abençoou.Hoje é um momento de festa do padroeiro do pescador, esse profissional  sofrido e que merece toda a nossa atenção."

    Não haverá balsa nesta edição. As filas estavam divididas com quem havia conseguido senha para a embarcação e quem estava sem senha.

    As senhas foram distribuídas desde as 8h da manhã
    As senhas foram distribuídas desde as 8h da manhã | Foto: LEONARDO MOTA

    Junto com o barco principal a organização do evento contava com mais 30 barcos para o trajeto até a ponte do Rio Negro, mas houve mudança no trajeto, As embarcações foram até a ponte do Ismael e voltaram para o porto da Panair, no bairro Educandos.

    Haverá procissão terrestre em direção ao Centro Cultural Zulândio Pinheiro  com bingão e o arraial coordenado pela igreja após a procissão fluvial.

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!:

    A 70 festa de São Pedro chega à Manaus neste fim de semana

    Milhares de fieis acompanham a celebração de Corpus Christi em Manaus


    Comentários