Fonte: OpenWeather

    Manifestação


    Após assalto, servidores de instituto fazem manifestação na Zona Leste

    Conforme os servidores, assaltos são frequentes no local e acabam atrapalhando a atividade do instituto

    O protesto foi realizado nesta quarta-feira (17) | Foto: Izaías Godinho

    Manaus - Servidores do Instituto Mulheres Soberanas realizaram uma manifestação na avenida Itaúba, na Zona Leste de Manaus, na manhã desta quarta-feira (17). Eles reivindicam mais segurança na localidade. 

    Na terça-feira (16), de acordo com a presidente do Instituto, Teresinha da Silva, dois homens entraram no prédio da unidade e anunciaram o assalto. Um dos criminosos se passou por vendedor de trufas.

     "O assalto aconteceu enquanto estávamos realizando os procedimentos para matrícula. De 'cara limpa' eles levaram todos os materiais do curso como computadores, notebooks e a renda que seria utilizada para o pagamento dos professores", frisou a presidente do Instituto, acrescentando que após o roubo, a polícia foi acionada, mas não conseguiu prender os suspeitos.

    Uma equipe da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) esteve no local do protesto
    Uma equipe da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) esteve no local do protesto | Foto: Izaías Godinho

    Uma equipe da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) esteve no local e acompanhou o protesto. Questionado sobre as reivindicações dos manifestantes, o tenente Eduardo Pinheiro informou que o patrulhamento na avenida Itaúba está sendo realizado. 

     "Eles têm todo o direito de fazer manifestação, mas não podem bloquear a via toda. Diuturnamente fazemos o patrulhamento na Itaúba. Realizamos buscas pelos criminosos após o assalto no Instituto, mas os criminosos conseguiram fugir. Orientamos a presidente do centro registrar um Boletim de Ocorrência na delegacia da área", concluiu o policial.

    Cursos para pessoas de baixa renda 

    Teresinha informou que o Instituto tem como objetivo oferecer cursos às pessoas de baixa renda da Zona Leste, como corte e costura e informática básica. Mas, segundo ela, os assaltos são frequentes no local e acabam atrapalhando a funcionalidade.

    Leia Mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Bolsonaro participará do CAS no dia 25 em Manaus, confirma Suframa

    AM teve 87 detenções por furto de energia elétrica em 2018

    Comentários