Fonte: OpenWeather

    Nova Unidade


    Bombeiros irão inaugurar unidade em Presidente Figueiredo

    A unidade em Presidente FIgueiredo será composta por 13 bombeiros militares e uma viatura de combate a incêndio

    Corpo de Bombeiros vai inaugurar uma unidade em Presidente Figueredo | Foto: Divulgação

    Presidente Figueiredo-  O Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), por meio do Comando de Bombeiros do Interior (CBI) vai inaugurar, na próxima segunda-feira (29), o 3º Pelotão Destacado de Bombeiro Militar (PDBM) da 1ª Companhia In dependente de Bombeiro Militar (CIBM) no município de Presidente Figueiredo.

    A implantação da nova unidade é resultado de um Termo de Acordo Mútuo entre o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas e a Prefeitura do município. Ela será composta por 13 bombeiros militares e uma viatura de combate a incêndio, conforme explica o comandante geral do CBMAM, coronel BM Danízio Valente.

    “O novo posto terá uma equipe de bombeiros qualificada para atuar em combate a incêndio, atendimento pré-hospitalar, mergulho autônomo, prevenção aquática, e será mais um braço nos atendimento da Região Metropolitana de Manaus”, explicou o comandante.

    Além do aparato para o atendimento a ocorrências, o quartel terá um Núcleo de Atendimento Técnico, responsável pelo estudo, análise, planejamento e fiscalização das atividades relacionadas à prevenção e à segurança contra incêndios e controle de pânico em edificações e eventos, em conformidade com a legislação estadual.

    Projetos sociais e obras

    No local, já foram iniciadas as atividades do Projeto Educacional Bombeiro Mirim (Proebom) que possui cerca de 30 crianças matriculadas.

    As reformas e adaptações do 3º PDBM foram iniciadas em dezembro de 2018, sendo que uma equipe de bombeiros já atua no local para apoiar nos preparativos da inauguração e ainda na prevenção de eventos. 

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    'Quem passa trote para o Ciops pode ser punido', diz secretário

    Apenas 40% de energia está sendo gerada para Iranduba e Manacapuru

    Comentários