Fonte: OpenWeather

    Solidariedade


    Família humilde promove feijoada para pagar exames de jovem em Manaus

    Os dois exames estão avaliados em aproximadamente R$ 21 mil. A feijoada acontece no dia 3 de agosto, no bairro Alvorada, Zona Centro-Oeste de Manaus

    Érika precisa realizar uma Colangiopancreatografia Retrógrada Endoscópica e uma ecoendoscopia
    Érika precisa realizar uma Colangiopancreatografia Retrógrada Endoscópica e uma ecoendoscopia | Foto: Divulgação/Família

    Manaus - Após passar 23 dias internada, em um leito de Unidade de Tratamento Intenso (UTI), do Hospital Santa Júlia, a adolescente Érika Pontes da Costa, de 17 anos, está lutando contra o tempo para sobreviver. Ela foi diagnosticada com pancreatite (inflamação do pâncreas, que pode ser aguda ou crônica) e a família está realizando uma "feijoada do bem" para conseguir dinheiro suficiente para Érika ser submetida a dois exames médicos, que têm valores muito altos para os pais desempregados. 

    De acordo com uma tia da jovem, a auxiliar administrativa Rita de Cássia Franco Cauper, de 22 anos, os médicos ainda não sabem dizer o motivo da doença, por isso precisam com urgência dos diagnósticos dos exames. 

    “A Érika está há nove dias em dieta líquida [sem comer e nem beber absolutamente nada], e mesmo em dieta zero os médicos não conseguem entender o que causa isso. Então, eles falaram que ela precisa fazer dois tipos de exames bem caros, um de R$ 5 mil, que o plano de saúde não cobre, e um outro de R$ 16 mil”, afirmou. 

    A jovem precisa fazer os exames Colangiopancreatografia Retrógrada Endoscópica (CPRE), que é um exame endoscópico para detectar e tratar doenças, que acometem os ductos de drenagem do fígado e do pâncreas (as vias biliares intra e extra-hepáticas) e o canal pancreático principal, e uma ecoendoscopia de alta resolução.

    Segundo a tia, os pais de Érika estão desempregados e, por esse motivo, a família se reuniu e decidiu arrecadar a verba promovendo sorteios em rifas e vendendo feijoada. 

    A mãe da jovem, a dona de casa Evelyn Neves de Pontes, de 32 anos, afirmou que a filha saiu da UTI há três dias, e que o quadro de saúde é estável, mas o tempo está passando e a paciente precisa de ajuda.

    “Eu nunca pensei que fosse passar por isso um dia para conseguir fazer um exame. Então, agora estou pedindo ajuda. Que as pessoas possam fazer o bem sem olhar a quem! A Erika tem 17 anos, quem conhece sabe o amor de pessoa que ela é. Também é uma boa filha, excelente estudante e amada por todos ao seu redor”, concluiu a mãe. 

    A feijoada está marcada para acontecer no próximo dia 3 de agosto, na avenida Desembargador João Machado, nº 362B, no bairro Alvorada II, Zona Centro-Oeste de Manaus, a partir das 12h, a R$10 (o prato feito por pessoa).

    Edição: Isac Sharlon

     Leia mais: 

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no WhatsApp. Clique aqui!:

    Pagamentos de IPVA para placas de final 5, 6, e 7 nesta quarta

    Portos de Manaus serão administrados pelo Governo do Amazonas


    Comentários