Fonte: OpenWeather

    Transporte Público


    Vídeo: Prefeito anuncia novo diretor-presidente da IMMU

    A meta da prefeitura é transformar a cidade de Manaus em modelo de mobilidade urbana

    Durante a ocasião, foi anunciados as novas medidas para o transporte coletivo | Foto: Suzana Martins/Em Tempo

    Manaus - “As portas estão abertas para que as empresas de transporte de Manaus que não estão satisfeitas saiam da cidade. O que não dá é para elas fiquem aqui reclamando que não tem dinheiro nos caixas, ao mesmo tempo roubando os empregados e a população”, citou Arthur Virgílio Neto, durante discurso na posse do novo diretor-presidente do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), o engenheiro Manoel de Castro Paiva, na tarde desta quinta-feira (1º). A solenidade aconteceu na sede da prefeitura de Manaus, no bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus. 

    “Dei uma missão para ele [Manoel Castro] que não poderíamos descartar desse governo. Ele tem um passado de gestor competente e eu sei que ele vai fazer um excelente trabalho”, disse o prefeito.

    Arthur Virgílio destacou, que estava "resolvendo os problemas da mobilidade urbana" de Manaus para transformar a cidade em modelo de mobilidade. "Escolhi o Saldanha Bezerra porque vamos transformar Manaus na segunda melhor cidade do Brasil em mobilidade urbana”. 

    Empresas auditadas

    O prefeito disse que vai realizar uma varredura na contas das empresas que prestam serviço de transporte urbano em Manaus, para então discutir o subsídio. 

    “Uma empresa está pior que a outra é não tem como dar subsídio para as que estão mentindo, nós temos que saber quem é quem nesse sistema e é essa a tarefa do Doutor Manoel Paiva, que quero todos os dados e queremos gerências todas as finanças das empresas de transporte coletivos de Manaus” contou Arthur. 

    Novas medidas

    Durante a ocasião, foi anunciados as novas medidas para o transporte coletivo, de acordo com o decreto publicado no Diário Oficial do Município (DOM) nº 4.503 que considera a necessidade de adoção de mecanismos de controle na receita e despesa dos serviços de transporte público, para  melhorar a governança e assegurar o preço justo nas tarifas, além de buscar evitar que se repitam paralisações de empregados do sistema com o argumento de atraso e não pagamento de verbas trabalhistas. 

    O novo diretor-presidente assegurou que vai melhorar a estrutura do IMMU. “Para que nós possamos ter uma prática de melhora e vou enfrentar como desafio e combater o bom combate. Lembrando que o nosso maior lado é a população e não as empresas e vamos alcançar todos os objetivos e ganhar essa guerra”. 

    O instituto mantém-se divido mesmo com a nomeação do novo presidente do IMMU: de trânsito e Transporte, sendo o ex-superintendente da SMTU, Franclides Ribeiro, o vice-presidente do IMTU - gestão de Transporte Urbanos, e o ex-diretor do Manaustrans, Franklin Pinto, nomeado o vice-presidente do IMMU.

    Assista à reportagem da TV Em Tempo:

    Assista a reportagem | Autor: Waldir Adriano/ TV Em Tempo
     


    Comentários