Fonte: OpenWeather

    Maçonaria


    Ordem maçônica no Amazonas elege novos representantes

    Durantes as Eleições da Ordem Maçonica Gloman que ocorreu neste sábado (10), foi eleito o empresário Marcelo Peixoto como grão-mestre e o médico Tufin Salin como mestre adjunto

    A Grande Loja Maçônica do Amazonas (Gloman), uma das principais lojas de maçonaria do Amazonas
    A Grande Loja Maçônica do Amazonas (Gloman), uma das principais lojas de maçonaria do Amazonas | Foto: Divulgação

    Manaus – A Grande Loja Maçônica do Amazonas (Gloman), uma das principais lojas de maçonaria do Amazonas, elegeu neste sábado (10), o novo grão-mestre, Marcelo Peixoto e grão-mestre-adjunto, Tufin Salin. O evento ocorreu na sede da Gloman, situada na avenida professor Nilton Lins, bairro Flores, Zona Centro-Sul de Manaus.

    O administrador de empresas do ramo de comércio exterior Marcelo Peixoto, de 56 anos e o médico oftalmologista Tufin Salin foram eleitos por 90% de aprovação dos integrantes da ordem maçônica e irão tomar posse no dia 21 de setembro para assumirem as responsabilidades políticas administrativas da ordem Gloman. Marcelo Peixoto, que na atual gestão, ocupa o cargo de mestre-adjunto destaca que a nova gestão irá dar continuidade ao trabalho já realizado. 

    “Ocupo há 26 anos o cargo de mestre-maçom, e há três anos sou grão-mestre adjunto. Então com a minha experiência, espero poder auxiliar nas principais decisões da ordem e dar continuidade ao trabalho que tem sedo feito", destaca Peixoto. 

    A ordem política e administrativa da ordem maçônica funciona de forma semelhante as eleições e ordens da sociedade civil. Eleitos de forma democrática, o grão-mestre possui a função de ordenar questões econômicas, administrativas e políticas da ordem maçônica no poder legislativo, executivo e judiciário da ordem. Grão-mestre, corresponde a figura do governador e o grão-mestre adjunto, como vice, em uma simples comparação.

    As eleições realizadas para definir grão-mestre e mestre adjunto são realizadas nas maçonarias no Brasil, em que cada estado brasileiro possui sua independência política e administrativa. No Amazonas, a escolha ocorre a cada três anos na Gloman, com direito a uma reeleição. Marcelo Peixoto destaca que são referentes ao triênio 2019-2022. E irão assumir as responsabilidades administrativas, políticas e financeiras.

    As eleições aconteceram com a participação de duas chapas, a chapa vencedora contabilizou 631 votos, correspondendo a 90% de votos contabilizados. Atualmente, a Gloman possui 47 lojas sub-jurisdicionadas no Amazonas, sendo 21 na Capital e 26 no interior do estado.

    Maçonaria no Amazonas

    A Maçonaria é uma ordem filosófica, educativa, progressista, filantrópica, apartidária e sem vínculos religiosas, de origem Universal. A maçonaria busca a convivência de pessoas de todas as etnias e religiões, que estudam e trabalham para o aperfeiçoamento da sociedade. No decorrer de 115 anos, a Gloman é considerada a primeira das Grandes Lojas Brasileiras, reconhecida pela Potência Regular da Inglaterra, ordem iniciadora da Maçonaria.

    Comentários