Fonte: OpenWeather

    Cime


    ‘É um sonho que se realiza’, diz prefeito sobre construção de escolas

    Escola terá capacidade para atender quase duas mil crianças

    A obra do Cmei do Distrito Industrial 2 já está 91% de andamento | Foto: Alex Pazuello / Semcom

    Manaus- Em vistoria à construção do Centro Integrado Municipal de Ensino (Cime) localizado na rua Prímula, no Distrito Industrial 2, o prefeito Arthur Virgílio Neto se emocionou ao ver a proporção e o avanço da obra, que terá capacidade para atender quase duas mil crianças. “Estamos fazendo uma escola para os filhos dos trabalhadores que atuam nessa obra terem oportunidade e espaço de estudar. Para mim, isso é um sonho que se realiza”, revelou o prefeito, ao conversar com os operários que moram na região.

    A visita ao Cime foi realizada na manhã desta sexta-feira, (16), e, além do complexo no Distrito Industrial, outras duas unidades de ensino integradas estão em fase de construção no bairro Jorge Teixeira, zona Leste, e no Lago Azul, zona Norte. Os Cimes integram o Projeto de Expansão e Melhoria Educacional da Rede Pública Municipal de Manaus (Proemem), com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

    Cada uma dessas novas estruturas educacionais ampliadas comporta um Centro Municipal de Ensino Infantil (Cmei), com capacidade para atender 400 crianças, e uma Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef), que atenderá 1.240, totalizando mais de 1,6 mil novas vagas por complexo educacional.

    “A gente procura cuidar dos alunos como se fossem filhos nossos, cuidando com atenção, por isso eles merecem todo esse esforço que Manaus faz junto com o BID para dotar o ensino público do município com as escolas que serão as mais bonitas de Manaus. Com a boa pedagogia que nós já temos, essas unidades darão uma estrutura muito boa para o ensino. A nossa garotada vai deslanchar”, afirmou o prefeito Arthur Neto.

    A obra do Cmei do Distrito Industrial 2 já está 91% de andamento, em fase de acabamento e ajustes. Já a Emef está passando dos 50%. Os dois prédios, que compõem o Cime, serão entregues juntos e a expectativa é que já recebam os novos alunos para o início do ano letivo de 2020.

    “Estamos fazendo escola para o filho do trabalhador que está construindo a obra. Era uma coisa muito injusta eles fazerem escolas onde os filhos deles não estudavam. Então, estou fazendo escola para os filhos dos trabalhadores. Isso me emociona, porque realiza um sonho meu de juventude”, finalizou o prefeito.

    O Cime conta com o total de 24 salas de aula, além de salas de leitura, de música, sala de repouso, brinquedoteca, auditório, refeitório, área de paisagismo e uma quadra poliesportiva.

    Infraestrutura

    A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) está realizando um trabalho de drenagem profunda em uma extensão de 500 metros da rua Prímula. Após a drenagem, a rua receberá o serviço completo de infraestrutura, finalizando com o recapeamento total da via.

    *Com informações da assessoria 

    Comentários