Fonte: OpenWeather

    Saúde


    Estudantes de medicina ensinam técnicas de reanimação em Manaus

    Técnicas serão passadas à comunidade sobre reanimação cardiopulmonar durante oficina no Shopping Ponta Negra, neste sábado (24), das 10h às 22h.

    Evento é gratuito e acontece no terceiro piso (L3) | Foto: Divulgação

    Manaus - Cerca de 90% das vítimas de parada cardíaca morrem antes de chegar ao hospital e, para ajudar a mudar essa realidade, acadêmicos e professores de medicina da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) estarão no dia 24, das 10h às 22h, no Shopping Ponta Negra, ensinando a população a identificar uma parada cardiorrespiratória e a realizar manobras de reanimação cardiopulmonar. O evento é gratuito e acontece no terceiro piso (L3).

    Segundo a coordenadora de marketing do Shopping Ponta Negra, Priscila Furtado, este é o segundo ano que o empreendimento sedia o evento, que faz parte da programação do Dia Nacional da Reanimação Cardiopulmonar. “Esta é uma ação de grande utilidade pública”, destacou.

    Segundo o coordenador do projeto de extensão da Ufam, Alfa Manaus, José Lucas Quadros de Sá, a parada cardíaca pode acontecer a qualquer momento, com qualquer pessoa e em qualquer lugar. Grande parte das paradas ocorre fora do ambiente hospitalar, principalmente em residências.

    “E a reanimação cardiopulmonar imediata pode dobrar, ou mesmo triplicar, as chances da vítima sobreviver. A cada minuto em que a pessoa permanece em parada, sem reanimação, representa a perda de 10% de chances de sobreviver. As estatísticas mostram que quanto mais pessoas souberem a reanimação cardiopulmonar, mais vidas serão salvas”, informou o coordenador. 

    Cerca de 30 membros do projeto Alfa Manaus participarão da ação que acontecerá no Shopping Ponta Negra. Durante a ação, a população poderá praticar a reanimação em manequins e tirar dúvidas sobre as técnicas e como proceder até a chegada do socorro médico.

    *Com informações da Assessoria

    Comentários