Fonte: OpenWeather

    Acidente


    Homem está desaparecido há mais de 52 horas após naufrágio no Amazonas

    Bombeiros interromperam as buscas nesta terça-feira (27), às 16h30, mas os trabalhos continuarão na quarta

    Homem desapareceu no final de semana, ainda sem ser encontrado
    Homem desapareceu no final de semana, ainda sem ser encontrado | Foto: Reprodução

    As equipes do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBM-AM) suspenderam as buscas por José Moura, de 53 anos, que desapareceu após o naufrágio de uma embarcação de pequeno porte. O fato aconteceu no domingo (24), nas proximidades da comunidade São Pedro, em Itacoatiara (município distante 270 quilômetros de Manaus) na margem esquerda do rio Amazonas.

    As buscas pelo homem devem retornar pela parte da manhã de quarta (28), a partir das 7h.  De acordo com o Corpo de Bombeiros, eram quatro pessoas dentro da embarcação. Uma delas conseguiu nadar até a margem e recebeu ajuda, enquanto outras duas foram resgatadas com vida pelos ribeirinhos.

    Até as 17h desta terça, já são 52 horas do desaparecimento do corpo, que ocorreu às 14 horas do último dia 24. As buscas por José Moura tiveram início na manhã de segunda (26), ainda sem sucesso.

    O Corpo de Bombeiros afirmou que a profundidade no local é de 20 a 40 metros, com as equipes redobrando a atenção no local.

    Outro caso

    No dia 14 de julho deste ano, o gestor da Escola Indígena Municipal Aru Waimi, Márcio Silva da Rocha, 42, morreu afogado após a embarcação em que viajava afundar no rio Negro durante a madrugada.

    O servidor retornava de um evento na comunidade do Jaraqui, também no rio Negro, quando a embarcação de pequeno porte virou no meio do rio.

    A pessoa que conduzia a lancha deixou o educador apoiado no transporte e nadou até a margem do rio em busca de ajuda, mas quando voltou, Márcio não estava mais. O corpo dele foi encontrado horas depois.

    Comentários