Fonte: OpenWeather

    Trânsito


    Avenida da morte: Autaz Mirim é campeã no registro de vítimas fatais

    Segundo o IMMU, de janeiro a julho deste ano, foram registrados sete acidentes de trânsito com vítimas fatais na via em Manaus

    Motoqueiros imprudentes são flagrados atravessando canteiro central da avenida Autaz Mirim | Foto: Ione Moreno

    Manaus - Cada vez mais a avenida Autaz Mirim, conhecida como Grande Circular, situada na Zona Leste de Manaus, vem se firmando como “via da morte”. A avenida é campeã no registro de vítimas fatais em acidentes de trânsito. De janeiro a julho deste ano, foram registrados sete acidentes de trânsito com vítimas fatais na via, segundo o Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU).

    São 82 vítimas lesionadas, de acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP), com base em informações do Sistema Integrado de Segurança Pública (Sisp) e do Instituto Médico Legal (IML). Já em 2018, a Autaz Mirim registrou o total de nove vítimas fatais e 246 vítimas lesionadas. 

    Carro em alta velocidade atropela e mata homem na avenida Autaz Mirim
    Carro em alta velocidade atropela e mata homem na avenida Autaz Mirim | Foto: Josemar Antunes

    O auxiliar de serviços gerais

    Antônio da Silva Cunha Júnior, de 27, está entre as vítimas que tiveram a história abreviada ao passar pela Avenida Autaz Mirim. Em junho deste ano, Antônio retornava para casa com a esposa, de 37 anos, quando foi atropelado por um carro Gol, de cor branca, que estava com os faróis apagados e em alta velocidade.

    Veículos envolvidos no acidente de trânsito colidiram com um poste de energia elétrica
    Veículos envolvidos no acidente de trânsito colidiram com um poste de energia elétrica | Foto: Divulgação

    Em julho deste ano, dois carros, sendo um modelo Celta e outro Fox, e uma motocicleta colidiram. Um dos veículos perdeu o controle e chocou contra um poste de energia elétrica.

    Ainda em julho deste ano, um micro-ônibus alternativo, conhecido como 'amarelinho', deu ré e deixou carro parcialmente destruído na avenida Autaz Mirim.

    Em manobra irregular, motorista capota veículo escolar em Manaus
    Em manobra irregular, motorista capota veículo escolar em Manaus | Foto: Josemar Antunes

    No início deste mês, uma condução escolar, modelo Doblo/Essence, de cor prata e placas PUN-4799 capotou, após colidir com outro carro, na avenida Autaz Mirim, no bairro Armando Mendes, na Zona Leste de Manaus. Uma pessoa ficou ferida e precisou ser levada para o hospital. 

     

    Pedestres atravessando fora da faixa
    Pedestres atravessando fora da faixa | Foto: Ione Moreno

    O Portal EM TEMPO esteve na avenida neste mês e flagrou algumas imprudências como pedestres atravessando a avenida fora da faixa, veículos circulando em alta velocidade e motoqueiro passando pelo canteiro central.

    A dona de casa Luisa Santos, 53, moradora há 20 anos do bairro Tancredo Neves afirma que atravessar a avenida é um sufoco. "Atravessar a avenida Autaz Mirim é correr risco de vida. É preciso ter muita cautela para tentar passar pela Grande Circular". 

    Para o mecânico Gilson Silva, que tem uma oficina na avenida e presencia diariamente imprudências, afirma que minimizar mortes na avenida é uma junção. "É preciso que os motoristas e pedestres tenham mais cautela e educação ao trafegar na via. E também é necessário fiscalizações, pois aqui não se vê agente de trânsito no local".

    "Problema no trânsito é comportamental"

    O especialista em trânsito Haniery Mendonça, explica que nesta via existem vários gargalos que são os causadores dos acidentes. O primeiro que ele cita é a questão dos ônibus alternativos. “Eles dirigem da forma deles, fechando, parando, executando manobras de forma errada. Tudo por questão de passageiro, sem respeitar o limite de velocidade”, conta. 

    A região possui um intenso centro comercial, o que aumenta a quantidade pedestres e carros. Se engana quem pensa que este é um problema apenas para os veículos. “O pedestre também precisa se preocupar, ele tem direitos e deveres igual qualquer outro usuário do trânsito. Ele não pode entrar na via de qualquer forma. Se gerar um acidente, ele pode ser responsabilizado de igual forma e terá que pagar os danos”, explica o especialista.

    Quem frequenta a via, sabe que é comum ver pedestres atravessando fora da faixa e carros estacionados em lugares irregulares. “É como se não tivesse lei naquele local, mas tem. Tanto que o IMMU, fez um trabalho muito bom de conscientização, mas a população precisa fazer a parte dela”, relata. Haniery afirma que é preciso ter consciência em cada cidadão, para que haja respeito e os acidentes sejam evitados. 

    Avenida Cosme Ferreira é a 2ª via mais perigosa

    Ranking da morte
    Ranking da morte | Foto: IMMU

    De janeiro a agosto deste ano, o IMMU registrou 128 vítimas fatais por acidente de trânsito, o que equivale a uma diminuição de 8,57% em comparação ao mesmo período do ano passado, quando foram registradas 140 vítimas. 

    A segunda via mais perigosa, segundo o IMMU, é a Avenida Cosme Ferreira, também situada na Zona Leste onde foram notificados seis acidentes deixando vítimas fatais. A que sucede esta é a Avenida do Turismo, na Zona Oeste de Manaus, que registrou quatro acidentes com vítimas fatais. 

    Vilões: álcool, celular e velocidade

    Para Haniery, o maior gargalo no trânsito em Manaus é a quantidade de veículos. “Nós temos uma média de 800 mil veículos rodando e as vias continuam do mesmo jeito”, diz. 

    Uma das dicas do especialista é organizar o tempo, sabendo que com esta quantidade de veículos circulando as pessoas levam mais tempo para ir de um ponto para outro da cidade. 

    O álcool, celular e velocidade são alguns dos principais causadores dos acidentes, mas Haniery alerta para outro mal, a questão de manobras, principalmente pela conversão pela esquerda. “Também é preciso estar atento aos a motoqueiros que entram entre os carros, não atentando principalmente contra a vida deles”, conta. 

    Ações preventivas 

    O setor de Educação da Gestão de Trânsito do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) da Prefeitura de Manaus tem realizado ações educativas na Autaz Mirim para orientar condutores e pedestres sobre trânsito seguro naquela área, com orientações sobre travessia segura e obediência às leis do trânsito.

    Comentários