Fonte: OpenWeather

    Onda de Crimes


    Vídeo: motoristas de app fazem apelo por mais segurança em Manaus

    O Portal Em Tempo já notificou 10 casos homicídios, assaltos, sequestros e agressões contra motoristas de aplicativos da capital.

    Para os motoristas o fator de risco principal é a falta da confirmação da identidade do passageiro, que tem resultado em assaltos e outras ocorrências. O desconhecido não confirma os dados reais para validação e iniciar a viagem. | Foto: Divulgação Uber

    Manaus - Os motoristas de aplicativo da cidade fazem uma campanha em favor da segurança. Devido às frequentes ocorrências de assaltos, sequestros e assassinatos em Manaus, o grupo pede a população que usa os aplicativos de mobilidade urbana que não solicitem corridas para desconhecidos.

    As informações cadastradas na plataforma de corridas pertencem a quem solicita um veículo, em casos de perda de objetos, avaliação das viagens ou até mesmo uma emergência tornam difíceis a real identificação do passageiro.

    Para os motoristas o fator de risco principal é a falta da confirmação da identidade do passageiro, que tem resultado em assaltos e outras ocorrências. O desconhecido não confirma os dados reais para validação e iniciar a viagem.

    O apelo à população expõe o medo e a insegurança ao qual os motoristas estão submetidos e para muitos deles as viagens pelos aplicativos são a única fonte de renda, restando apenas a coragem para conduzir passageiros pela cidade.

    Os motoristas de aplicativo têm sido alvo constante de crimes em Manaus.
    Os motoristas de aplicativo têm sido alvo constante de crimes em Manaus. | Foto: Divulgação

    Vítimas dos Crimes

    O Portal Em Tempo já notificou de janeiro até a última sexta-feira (6), um total de 10 casos entre homicídios, assaltos, sequestros e agressões contra motoristas de aplicativos da capital.

    Entre os crimes noticiados está o do motorista Ulisses Brasil Nogueira Júnior, de 25 anos encontrado esquartejado no dia 21 de agosto, após denúncia anônima. Os membros foram enrolados em dois sacos plásticos e deixados dentro de uma mala preta.

    Júlio César da Silva Pereira, outro motorista, de 50 anos foi assassinado e encontrado com as mãos amarradas e com um cinto enrolado do pescoço em 15 de agosto.

    Mais recentemente, Higson Cavalcante Ramos, um motorista de aplicativo de 49 anos, foi encontrado morto na noite desta sexta-feira (6), no Km 12 do ramal do brasileirinho, no bairro Jorge Teixeira, zona Leste de Manaus.

    Motivação dos crimes

    Parte da motivação dos crimes mais sofridos pelos motoristas de aplicativo é o roubo dos carros. Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), no período de janeiro a julho de 2019 houve uma redução no número de veículos roubados em Manaus.

    Dados divulgados pela SSP, apontam queda de 35% nos crimes de roubo em relação ao mesmo período de 2018. O número de veículos recuperados este ano é de 1.427 veículos, uma média de oito veículos devolvidos aos proprietários diariamente.

    Assista à reportagem da TV Em Tempo:

    Assista a reportagem | Autor: Juliano Couto/ TV Em Tempo
     


    Comentários