Fonte: OpenWeather

    Acidente


    Vítimas do acidente aéreo em Manaus se recuperam em hospitais

    O acidente aconteceu na tarde dessa segunda-feira (16) ,a poucos metros de área da Infraero, próximo ao Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, na Zona Oeste de Manaus

    Manaus - As dez vítimas do acidente com a aeronave Cessna 208b Caravan, que ocorreu por volta das 12h30 desta segunda-feira (16), nove seguem em estado de observações. O acidente aconteceu a poucos metros de área da Infraero, próximo ao Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, Zona Oeste de Manaus.

    Platão Araújo

    Vanna Agostinho de Mota, de 33 anos, e Francisco Pereira de Souza, de 40 anos, tiveram fraturas na perna. Antônio José Maciel de Oliveira, de 60 anos, teve uma contusão na perna esquerda. Ambas vítimas estão com estado de saúde estável e seguem em observação. Enquanto, Maria Cristina Magalhães, de 51 anos, que estava com suspeita de trauma no tórax e bacia, foi transferida para o HPS João Lúcio.

    28 de Agosto

    Ricardo Lorentino Koba, de 35 anos, teve o tornozelo do membro inferior esquerdo torcido e recebeu alta na tarde dessa segunda-feira (16). Dilvete Nunes Magalhães, de 45 anos, teve fraturas na perna direita e na costela. O estado de saúde de Dilvete está estável e segue em observação. Já Dilson Marcos Kovalski, de 56 anos, teve fratura exposta no tornozelo esquerdo e queimadura de 2º grau na mão direita. O paciente foi transferido para hospital particular.

    João Lúcio

    Dario Teixeira, de 35 anos, foi internado no hospital apresentando queimaduras de segundo grau e fratura em antebraço esquerdo. O estado de saúde de Dario encontra-se estável. Já Marcos Antônio Mousardo, que teve fratura exposta no braço e perna esquerdos, além da bacia apresentar fraturas,  foi transferido para a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI)

    André da Costa de Oliveira Neves, que estava internado no HPS Delphina Aziz, localizado na Zona Norte de Manaus, com quadro inicial de traumatismo craniano encefálico leve, também foi transferido para o HPS João Lúcio.

    O acidente

    De acordo com a equipe do CBMAM, a aeronave caiu em área de mata e foi localizada graças ao apoio do Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento (PARA-SAR), da Força Aérea Brasileira (FAB), que sobrevoou o local e indicou o ponto exato em que estava o avião. A equipe dos Bombeiros também contou com o apoio do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa VII), da Infraero, da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), e do Samu.

    A PMAM auxiliou no isolamento do local próximo ao acidente, bem como no transporte da área de mata até o local onde se encontravam as ambulâncias do Samu e duas do CBMAM. Além das unidades de resgate, os Bombeiros direcionaram para a ocorrência uma viatura auto bomba tanque (abt-25) e quatro de apoio rápido.

    Comentários