Fonte: OpenWeather

    Atendimento


    Em Manaus, maternidade Chapot Prevost lança projeto ‘Posso Ajudar’

    O projeto já acontece no Serviço de Pronto Atendimento (SPA), localizado no mesmo complexo onde está a maternidade

    A Maternidade realiza por dia até 15 internações | Foto: Divulgação

    Manaus - Para melhorar e agilizar o atendimento das gestantes, a maternidade Chapot Prevost, na Colônia Antônio Aleixo, zona leste, está implantando o programa “Posso Ajudar”, que auxilia a paciente e o acompanhante dentro da maternidade.

    As orientações são feitas por estagiários do curso técnico em enfermagem que atuam na unidade. “Eles ficarão responsáveis por realizar o atendimento na recepção, prestando orientação e até encaminhando a paciente até o setor que ela precisar ir”, explicou a diretora da maternidade, Sandra Lúcia Lima.

    O projeto já acontece no Serviço de Pronto Atendimento (SPA), localizado no mesmo complexo onde está a maternidade, há um mês, e tem dado celeridade ao atendimento dos pacientes.

    “Alguns pacientes quando chegam aqui, até por estarem adoentados, ficam às vezes perdidos, procurando o consultório, o laboratório, a sala de medicação, e o trabalho do 'Posso Ajudar' é facilitar o acesso desses pacientes aos setores certos, com isso, conseguimos diminuir o tempo de espera na recepção e os pacientes são melhores assistidos”, conta a diretora.

    O “Posso Ajudar”, funciona das 7h às 19h, sempre com dois funcionários responsáveis pelo acolhimento dos pacientes.

    Atendimento

    A Maternidade Chapot Prevost realiza por dia até 15 internações para partos e curetagens, além dos atendimentos de emergência. A unidade possui 25 leitos em Alojamento Conjunto (Alcons) sendo cinco destinadas a mulheres que passaram por procedimento de curetagem.

    *Com informações da assessoria

    Comentários