Fonte: OpenWeather


    Devoção e fé marcam a Novena de 20 anos de São José Operário em Manaus

    Os fiéis do padroeiro lotaram o Santuário durante a celebração das missas

    São José Operário Igreja Santuário | Foto: Leonardo Mota

    Manaus – O Santuário de São José Operário comemora nesta quinta-feira (19), 20 anos da celebração do padroeiro amazonense com o tema “A Santidade é também para você”. As quatros cerimônias lotaram a igreja com devotos que cantaram, rezaram e transmitiram o amor e a positividade durante as missas solenes.

    Para atender ao público esperado, a coordenação estipulou cinco horários de novenas para esta data. Com início programado da primeira missa às 6h, e as demais às 9h, 12h, 16h e 19h.

    Multidão

    A expectativa de público, segundo o coordenador da Novena, Allan Kardec era de aproximadamente 50 mil pessoas, no total de todas as celebrações realizadas na igreja. “Nós acomodamos cada vez mais fiéis ao passar dos anos. Dentro do espaço total da paróquia cabem aproximadamente 7 mil porque tem a parte da interna e externa da igreja. Estamos muito satisfeitos com a reunião das pessoas neste ato de espiritualidade. ”

    Manter a família unida por meio da congregação é a principal motivação das comunidades que atuam na igreja, Kardec reforça que a devoção, a fé são itens necessários para vencer os desafios impostos pela vida. “A sagrada família é uma entidade a ser defendida, então esta célula deve se manter em sociedade com foco na questão espiritual, para conceder ânimo para enfrentar o cotidiano, e pedindo a intercessão de São José pelas bênçãos. ”

    Acolhimento

    Para Graça Simões, integrante do grupo “Pastoral da Acolhida”, que atua no acolhimento aos fiéis que frequentam a igreja localizada na Rua Visconde de Porto Alegre, bairro Praça 14, o Santuário de São José faz parte da sua vida desde o batismo.

    Graça conta que a tradição católica foi passada para todas as gerações da família. “Costumo dizer que meu DNA já pertence a essa maravilha de paróquia, e para mim essa novena de 20 anos tem uma emoção especial. Pois estava atravessando uma fase difícil, e agora estou desde a solenidade do meio dia para agradecer as bênçãos alcançadas”.

    José Ivanildo é o Pároco Reitor do Santuário, responsável por cuidar da organização do templo, que explicou o significado da união da novena com a história do Templo de São José. “O santuário possui 71 anos de existência e há 20 anos foi criada a Novena de São José, estabelecendo assim uma bela relação com a história. Isso foi se tornando um pedaço dessa glória, fornecendo uma nova configuração ao santuário que atrai cada vez mais pessoas todo dia 19 de cada mês. ”

    Devoção

    A origem do grande movimento de frequentadores é derivada de outras Arquidioceses de Manaus. Esse fenômeno é causado pela devoção do público Amazonense, são fiéis que lotam a igreja em busca de graças e orientação espiritual, que se reúne a cada dia 19 de cada mês para celebrar a festa de São José. Em duas especialidades, a primeira solenidade aconteceu no dia (19) de março e (1) de maio.

    O fundador da Novena de São José, o Padre Salesiano Sérgio Lúcio Alho da Costa, é atualmente o Reitor da Basílica do Sagrado Coração, localizado em Pernambuco. E foi convidado para celebrar a missa principal dos 20 anos.

    Religiosidade do amazonense

    Costa reforça que a religiosidade do Amazonense fez a valorização da figura do Padroeiro, por meio de uma celebração criativa que reavivar a fé cristã. O pároco que é amazonense conta como surgiu a novena. “O Papa João Paulo II na virada do terceiro milênio, orientou que a igreja fosse ousada em criar novas formas de evangelizar e de agregar membros dispersos. No dia 19 de cada mês nós repetimos essa memória, por que cada vez mais a pessoa tem fome e sede de Deus. Não basta apenas o racional, todos precisam experimentar a graça, o amor e a consolação de Deus, a novena proporciona exatamente isso”, finaliza.

    Comentários