Fonte: OpenWeather

    Investimento em saúde


    Vídeo: Governo do AM anuncia construção de novo hospital em Manacapuru

    Serão investidos R$ 23 milhões no novo hospital, sendo R$ 15 milhões de emenda parlamentar e mais R$ 8 milhões do Estado

    O novo hospital de Manacapuru terá uma estrutura diferenciada e atenderá o município e cidades do entorno | Foto: Bruno Zanardo/Secom

    O governador Wilson Lima anunciou, nesta quarta-feira (25), na sede do Governo, zona Oeste,  a construção de um novo hospital em Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus), com aporte inicial de R$ 23 milhões, sendo R$ 15 milhões de emenda parlamentar e R$ 8 milhões do Governo do Estado. O anuncio aconteceu durante a entrega de novos equipamentos para rede estadual de saúde, doados pelo Ministério da Saúde. 

    “O trabalho que estamos desenvolvendo na saúde não é um projeto de Governo e, sim, de Estado, porque a partir do momento que tiver uma estrutura, não tem como voltar atrás, será um legado. Nós temos um projeto para construção de um hospital lá em Manacapuru, algo em torno de R$ 60 milhões. Já temos alocados R$ 23 milhões, que já estão em caixa”, disse o governador.

    Os R$ 15 milhões a serem aplicados são provenientes de emenda do deputado Átila Lins, que estava aprovada desde 2013 e ainda não havia sido executada. “O que vamos fazer ali (Manacapuru) é um hospital para atender aquela região dentro dessa nossa proposta de reestruturação da saúde no estado do Amazonas”, ressaltou Wilson Lima.

    De acordo com o secretário estadual de Saúde, Rodrigo Tobias, o novo hospital de Manacapuru terá uma estrutura diferenciada e atenderá o município e cidades do entorno. A licitação para a obra será lançada em breve e o Governo já trabalha na captação de mais recursos para o projeto, informou Tobias.

    “A estrutura física do hospital que existe em Manacapuru tem muitos problemas e não há como fazer uma reforma. Então lá será construído um novo hospital, totalmente diferente dos padrões existentes hoje no interior, pois seguirá todas as normas da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária)”, disse o secretário de Saúde.

    Equipamentos

    Nesta quarta-feira, o governador também entregou 90 monitores de sinais vitais multiparamétricos e 40 desfibriladores cardíacos, que foram doados pelo Ministério da Saúde, para a rede estadual de saúde. Durante a cerimônia de assinatura do termo de adesão, Wilson Lima destacou que o material, avaliado em R$ 4 milhões, representa economia para o Estado por meio do alinhamento dos governos estadual e federal, além de contribuir para melhorar o atendimento na área da saúde, tanto na capital quanto no interior.

    o governador também entregou 90 monitores de sinais vitais multiparamétricos e 40 desfibriladores cardíacos
    o governador também entregou 90 monitores de sinais vitais multiparamétricos e 40 desfibriladores cardíacos | Foto: Bruno Zanardo/Secom

    “Estamos distribuindo os monitores em 76 unidades da capital e 14 do interior, só Manacapuru e Itacoatiara vão receber dois desses desfibriladores, cada um. Alguns desses equipamentos eram alugados pelo Governo do Estado e vamos cessar com esses alugueis, porque teremos esse material com a parceria que foi feita com o Ministério da Saúde, Universidade Estadual da Paraíba e também com a Lifemed (empresa de dispositivos médicos), entendendo que essa é uma nova política e o compromisso do Governo do Estado”, afirmou Wilson Lima.

    “Já caminhamos para outras parcerias e, em breve, faremos novas entregas junto com a Lifemed. Não é fácil resolver o problema na área da saúde, levando em consideração a complexidade que é o Estado do Amazonas, mas estamos avançando muito”, completou.  

    Rodrigo Tobias reforça que o Estado segue em tratativas para um novo termo de adesão de mais equipamentos para o sistema. “Fazemos parte de um grupo seleto de estados, dos primeiros a aderir a esse projeto, e a nossa ideia é que possamos assinar um novo termo de adesão para o futuro, conseguindo muito mais equipamentos para o nosso sistema”, destacou o secretário.

    Tecnologia brasileira

    Os equipamentos doados para o Estado são produzidos no Brasil por meio da Parceria para o Desenvolvimento Produtivo (PDP), estabelecida entre o Núcleo de Tecnologias Estratégicas em Saúde (Nutes), da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), a empresa de dispositivos médicos Lifemed e o Departamento do Complexo Industrial e Inovação em Saúde (Deciis) do Ministério da Saúde. 

    Segundo o coordenador da PDP pela Universidade Estadual da Paraíba, Paulo Eduardo e Silva Barbosa, o Amazonas é o 19º estado da federação a receber equipamentos produzidos pela PDP da Universidade Estadual da Paraíba. Ele explica que a iniciativa faz parte do programa do Governo Federal que visa à cooperação, mediante acordo entre instituições públicas e entre instituições públicas e entidades privadas, para desenvolvimento, transferência e absorção de tecnologia, produção, capacitação produtiva e tecnológica do País em produtos estratégicos para atendimento as demanda do Sistema Único de Saúde (SUS).

    “Os critérios para escolha dos contemplados são definidos pelo Ministério da Saúde e o Amazonas está sendo bem contemplado, com R$ 4 milhões”, afirmou Paulo Eduardo.

    *Com informações da assessoria  

    Assista à reportagem da TV Em Tempo:

    Assista a reportagem | Autor: Bárbara Mitoso/ TV Em Tempo
     


    Comentários