Fonte: OpenWeather

    Investimentos


    Governador visita unidade de conservação e autoriza manejo de quelônio

    Wilson Lima também anunciou investimentos em infraestrutura e água potável para o município

    Wilson Lima anunciou investimentos em infraestrutura e água potável em Carauari e visitou o hospital da cidade
    Wilson Lima anunciou investimentos em infraestrutura e água potável em Carauari e visitou o hospital da cidade | Foto: Diego Peres/ Secom

    O governador Wilson Lima autorizou, na sexta-feira (26), o manejo e criação comunitária de quelônios pela Associação dos Moradores Agroextrativistas da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Uacari (Amaru), que reúne 33 comunidades ribeirinhas do município de Carauari (a 780 quilômetros de Manaus). A medida visa o desenvolvimento de uma nova cadeia produtiva sustentável para geração de renda na região.

    Na visita, o governador também participou de despesca do pirarucu na comunidade Fortuna, anunciou investimentos em infraestrutura e água potável em Carauari e visitou o hospital da cidade, onde destacou o repasse, só este ano, de mais de R$ 886 mil do Estado para a área da saúde no município, com recursos do Fundo de Fomento ao Turismo, Infraestrutura, Serviços e Interiorização do Desenvolvimento do Estado do Amazonas (FTI).

    O governador também participou de despesca do pirarucu na comunidade Fortuna
    O governador também participou de despesca do pirarucu na comunidade Fortuna | Foto: Diego Peres/ Secom

    “No momento em que a gente acompanha a dificuldade que é do cidadão em estar fazendo o monitoramento do lago e do tabuleiro, você começa a ter uma sensibilidade muito maior do que significa preservar a Amazônia, do que significa preservar nossos recursos ambientais”, disse Wilson Lima ao comentar a importância da atividade de manejo para conservar a região amazônica. Ele esteve na praia do Pupunha, uma das áreas contempladas com o trabalho de monitoramento de quelônios.

    Em um trabalho em conjunto realizado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), e pelos moradores da região, os ovos depositados nos tabuleiros nas praias são coletados e guardados até que os filhotes atinjam um tamanho adequado para sobrevivência na natureza. Com a ação, entre 1977 a 2018, já foram devolvidos à natureza mais de 4,6 milhões de filhotes de quelônios na região.

    Os bons resultados da conservação de quelônios permitiram uma nova oportunidade de geração de renda para os moradores da área: o manejo e criação comunitária de quelônios, que agora serão ampliadas com a autorização do Governo do Estado. Nas comunidades de Xibauazinho, Manarian e Vila Ramalho, o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) licenciou a captura de mais de 3.730 filhotes de quelônios para o manejo e criação comunitária em tanques-rede.

    Um novo manejo de quelônios foi autorizado pelo governador
    Um novo manejo de quelônios foi autorizado pelo governador | Foto: Diego Peres/ Secom

    Segundo o titular da Sema, Eduardo Taveira, o manejo de quelônios será base para uma nova cadeia produtiva sustentável para geração de renda na região. “Foi aprovada uma lei pelo Conselho Estadual de Meio Ambiente permitindo o manejo de quelônios, tartarugas e tracajás aqui nos tabuleiros da Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Uacari, que é gerida pela Sema. Como os comunitários há mais de 40 anos protegem os tabuleiros e temos visto um aumento do número de quelônios por causa desse trabalho, desenvolvemos uma estratégia, em parceria com a Universidade Federal do Amazonas, para fazer a contagem e o manejo desses quelônios”, afirmou, ao destacar que a atividade permite às comunidades proteger e vender a produção sustentável do quelônio.

    Manejo do pirarucu

    Wilson Lima acompanhou, ainda, a despesca do pirarucu no Lago Jaburi, localizado na comunidade Fortuna, em área da Reserva Extrativista (Resex) Médio Juruá. O governador ajudou os manejadores na despesca os pirarucus e destacou a importância da atividade de manejo, que vem ajudando na manutenção dos estoques pesqueiros e valorização dos ribeirinhos que atuam na legalidade.

    “Muitos pescadores garantem o sustento das suas famílias através dessa atividade e aqui é tudo feito de forma sustentável, em parceria com instituições como ICMBio, Ibama, Ipaam, Sema e FAS, para que haja o controle dessa espécie, que já chegou a ficar na lista dos animais ameaçados de extinção e hoje é preservada e explorada de forma sustentável”, disse o governador.

    O governador ajudou os manejadores na despesca os pirarucus
    O governador ajudou os manejadores na despesca os pirarucus | Foto: Diego Peres/ Secom

    As atividades de manejo são realizadas respeitando cotas estabelecidas por órgãos ambientais. “Tem as quantidades, tem as regras. Só pode tirar o que está na cota, não podemos passar nem diminuir a cota. Esse ano tiramos 157 pirarucus (cerca de 12 toneladas) e três toneladas de tambaqui. É um trabalho que a gente se orgulha. Tem para a nossa alimentação e tem para tirarmos uma renda”, disse Luiz Gonzaga, presidente da comunidade Fortuna.

    De acordo com as lideranças comunitárias, o trabalho de manejo sustentável beneficia os moradores e o ecossistema na região. “A cada ano que passa a gente vê o quanto aumenta de um ano para o outro. Para quem tinha dois casais de peixe (em 2009), a gente vê a mudança de lá pra cá”, comemorou o líder comunitário e pescador, Francisco Freitas, ao ressaltar que a população do pescado no Lago Jaburi agora chega a mil unidades.

    Wilson Lima conversou com os pescadores e os parabenizou. “É um exemplo de sustentabilidade para o mundo, que tem que entender que, para preservar um animal desse e tudo que a gente tem de floresta, primeiro tem que preservar o cidadão que está aqui cuidando. E ninguém tem mais interesse em preservar do que a gente que vive aqui”, afirmou o governador

    Luiz Gonzaga, líder comunitário disse que a vista do governador é histórica. “Nunca nós tivemos essa oportunidade de estar frente a frente com um governador. É uma alegria grande para nós ele vir, porque não teve nenhum que viesse”, afirmou.

    Wilson Lima conversou com os pescadores e os parabenizou pelo exemplo de sustentabilidade
    Wilson Lima conversou com os pescadores e os parabenizou pelo exemplo de sustentabilidade | Foto: Diego Peres/ Secom

    Infraestrutura

    Ainda em Carauari, Wilson Lima, reinaugurou, na noite deste sábado (28), a orla fluvial do município, ponto turístico que está recebendo, neste final de semana, programação cultural em comemoração aos 108 anos da cidade.

    A obra é resultado de convênio, de R$ 658.515,05, entre Estado e Prefeitura, que a executou, com a fiscalização da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra). Na reinauguração, o governador anunciou a retomada de obras do sistema viário da cidade.

    "Assim que assumi o Governo, determinei que todas as obras do estado fossem retomadas, incluindo o sistema viário do município de Carauari. Conversei com o prefeito e vamos retomar a segunda etapa de obra de recuperação. É um compromisso que eu tenho com o interior. Estou muito feliz de estar aqui, podendo compartilhar esse momento com vocês", ressaltou.

    Salta Z

    Ainda neste sábado, o governador anunciou a instalação do sistema Salta Z na comunidade de Santo Antônio, zona rural de Carauari, onde foi recebido com um café da manhã.

    "Eu vou instalar, nos próximos 30 dias aqui na comunidade, um filtro Salta Z, para trazer água tratada para a comunidade. O sistema tem capacidade para atender até mil pessoas por dia, esse é um diferencial do nosso Governo", frisou. Na comunidade vivem cerca de 200 famílias, que também nunca tinham recebido a visita de um governador.

    *Com informações da assessoria 

    Assista à reportagem da TV Em Tempo:

    Assista a reportagem | Autor: Gabriela Moreno/ TV Em Tempo
     


    Comentários