Fonte: OpenWeather

    Auxílio


    Prefeitura realiza pronto atendimento nas ocorrências após chuva

    Além da Defesa Civil, a população afetada recebeu atendimento da Seminf, Semasc, Semulsp e Guarda Metropolitana

    Foram 113 ocorrências durante a noite de sexta e a manhã de sábado | Foto: Divulgaçao

    Manaus - Ao menos 113 ocorrências entre deslizamento, desabamento parcial e total de imóveis, tombamento de árvores, alagações foram registrados pela Central de Emergência da Defesa Civil, entre à noite de sexta-feira(27), e a manhã de sábado (28).

    As ocorrências foram atendidas de forma integrada pela Prefeitura de Manaus, por meio das secretarias municipais de Infraestrutura (Seminf), da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), de Limpeza Urbana (Semulsp) e Guarda Metropolitana, cada uma delas, dentro da sua área de atuação.

    “A Defesa Civil se organizou e se planejou desde o início da chuva, na sexta-feira, por volta das 19h. Estamos fazendo o levantamento geral das ocorrências, em vários pontos da cidade, para atender todas as vítimas, conforme a orientação recebida pelo prefeito Arthur Virgílio, que também está acompanhando os atendimentos prestados, por meio de sua equipe técnica”, informou o secretário-executivo da Defesa Civil, Cláudio Belém, que na manhã de sábado acompanhou os trabalhos, em uma área de deslizamento, no bairro Aleixo, zona Centro-Sul.

    Para o atendimento sócio-econômico das famílias atingidas pelo temporal, a Semasc designou equipes para verificar a situação de vulnerabilidade das famílias afetadas.

    Pluviometria

    Conforme os dados dos Pluviômetros Automáticos da Defesa Civil instalados na cidade, em parceria com o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), a média de chuva para a cidade de Manaus alcançou 75 milímetros em três horas. As zonas mais atingidas foram a Leste e a Norte.

    *Com informações da assessoria

    Comentários