Fonte: OpenWeather

    Manejo


    Fim de semana terá tambaqui vendido a partir de R$9 na FAS

    Consumidores de Manaus poderão comprar tambaqui dos rios e lagos da RDS Mamirauá direto dos pescadores, a preços que variam de R$ 9 a R$ 16 o quilo

    A venda gera renda às famílias ribeirinhas | Foto: Dirce Quintino/FAS

    Manaus - Quatro toneladas de tambaqui, oriundas da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Mamirauá, na região do Médio-Solimões, serão vendidas neste final de semana, sexta (11) e sábado (12), das 7h às 16h, na sede da fundação, na rua Álvaro Braga, 351, Parque Dez, Zona Centro-Sul. Os preços variam de R$ 9 o quilo do tambaqui pesando até 4,9 kg; R$ 11 o quilo do tambaqui pesando até 6,9 kg; R$ 14 o quilo do tambaqui pesando até 10,9 kg; e R$ 16 o quilo do tambaqui pesando acima de 11 quilos.

    Todo o tambaqui a ser vendido beneficia famílias da comunidade Terra Nova, no município de Fonte Boa, a 678 quilômetros de Manaus, dentro da RDS Mamirauá. A comercialização, que é coordenada pela Associação de Moradores e Usuários da RDS Mamirauá Antônio Martins (Amurmam), incentiva a cadeia produtiva do manejo e gera renda direta aos pescadores, já que o produto não passa por atravessadores ou distribuidores e o lucro fica com os ribeirinhos.

    A venda dos pescados manejados em Manaus acontece por meio de apoio e incentivo da fundação às associações de pescadores que atuam nas Unidades de Conservação (UC) do Amazonas, em cooperação estratégica com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema). Pelo Programa Floresta em Pé, o antigo Bolsa Floresta, e recursos do Fundo Amazônia/BNDES, ações de geração de renda e empoderamento comunitário são desenvolvidas com os pescadores.

    Tanto a venda quanto a pesca dos tambaquis por manejo têm autorização do Ibama e da Secretaria de Meio Ambiente e acontecem no prazo estabelecido pela legislação ambiental. “O objetivo é promover o manejo e o comércio justo, aproximar o comprador dos manejadores e fazer com que os pescadores tenham oportunidade de oferecer seus produtos em Manaus sem a participação de atravessadores”, disse Edvaldo Corrêa, coordenador do Programa Floresta em Pé.

    Sobre a FAS

    A Fundação Amazonas Sustentável (FAS) é uma organização brasileira sem fins lucrativos e sem vínculos político-partidários que tem por missão fazer a floresta valer mais em pé do que derrubada, promovendo ações de desenvolvimento sustentável e de melhoria de qualidade de vida dos povos que vivem na floresta. Por meio de programas e projetos, a FAS impacta a vida de cerca de 40 mil pessoas em 16 Unidades de Conservação do Estado, em cooperação com a Sema e apoio do Fundo Amazônia/BNDES, Samsung, Bradesco e Coca-Cola Brasil.

    *Com informações da assessoria

    Comentários