Fonte: OpenWeather

    Processo seletivo


    Fundo Manaus Solidária habilita 51 propostas em edital de fomento

    As propostas que seguiram para a próxima fase serão analisadas pela comissão de monitoramento e avaliação, e devem ter os resultados preliminares divulgados no dia 21 de outubro

    Os envelopes com as propostas apresentadas pelas Organizações da Sociedade Civil (OSCs) que concorreram ao 2º Edital de Fomento do Fundo Manaus Solidária, da Prefeitura de Manaus, foram abertos na tarde da última sexta-feira (11) no auditório Isabel Victoria do Carmo Ribeiro, na sede da prefeitura, no bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus

    Na presença de representantes das OSC’s, a abertura dos envelopes faz parte do processo de seleção e teve como finalidade a verificação do cumprimento das exigências previstas no edital de fomento. Das 79 propostas apresentadas, 51 foram habilitadas nesta fase do edital. Vinte e oito projetos foram considerados inaptos.

    A comissão de seleção, formada por servidores do Fundo Manaus Solidária e servidores das secretarias municipais do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc) e Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) realizou a análise de todos os documentos entregues.

    Cerca de dez representantes das organizações sociais acompanharam a abertura dos envelopes. Franciele Carneiro, coordenadora de projetos da Associação da Comunidade Nova Aliança, teve os documentos da sua proposta aprovados. Com o projeto “Pessoas em situação de rua: direito a ter direito”, Franciele afirma estar confiante quanto ao resultado final e disse que a verba do edital terá como finalidade a compra de bens permanentes e insumos para a associação.

    De acordo com a vice-presidente do Fundo Manaus Solidária, Mônica Santaella a participação das organizações no edital de fomento foi muito positivo e transparente. “Tivemos um ótimo número de inscrições. Foram 79 projetos para os seis eixos, e, infelizmente, 28 desses foram eliminados por conta da ausência de algum item do edital. Mas é um saldo muito positivo e a nossa expectativa, assim como a da presidente Elisabeth Valeiko Ribeiro, é de sempre poder ajudar a maior quantidade de instituições possível, porque sabemos que essas organizações realizam um trabalho grandioso e necessitam de apoio”, afirmou.

    As 51 propostas que seguiram para a próxima fase serão analisadas pela comissão de monitoramento e avaliação, e devem ter os resultados preliminares divulgados no dia 21 de outubro, conforme o edital. Após o período estabelecido para recursos, o resultado definitivo será publicado em 6 de novembro.

    Edital

    Com o valor global de R$ 6 milhões, o segundo Edital de Fomento foi destinado a Organizações da Sociedade Civil (OSCs), sem fins lucrativos, que realizem atividades nas áreas de capacitação e geração de renda, promoção da inclusão social e defesa de direitos humanos no âmbito do município de Manaus.

    Comentários