Fonte: OpenWeather

    Lixeira


    No bairro Ouro Verde, lixeira viciada agride o meio ambiente

    Moradores despejam diversos resíduos no local

    Manaus - As lixeiras viciadas estão presentes em grande parte da capital. Além de agredir o meio ambiente, a poluição interfere na mobilidade urbana da população. Essa é a realidade de um trecho da rua Rita Barbosa, localizada no bairro Ouro Verde, Zona Leste de Manaus. Os moradores despejam diversos resíduos no local.

    O Portal Em Tempo esteve no local e conversou com um dos moradores da rua, que preferiu não ter a identidade revelada. De acordo com ele, o local se tornou uma lixeira viciada há mais de cinco anos. “Antes de eu morar aqui, a situação já era essa e não muda. Vivo na rua Rita Babosa há quatro anos e a via já estava suja desse jeito. Os próprios moradores não zelam pela limpeza”, frisou o homem.

    A quantidade expressiva de lixo na área dificulta o tráfego de veículos na via
    A quantidade expressiva de lixo na área dificulta o tráfego de veículos na via | Foto: Brayan Yuri

    Segundo o técnico em informática Cosme Ribeiro, a quantidade expressiva de lixo na área dificulta o tráfego de veículos na via. “Os caminhões de lixo sempre passam por aqui e removem a sujeira, mas os moradores voltam a sujar. A situação fica complicada e o mau cheiro traz inúmeros incômodos para quem precisa passar todos os dias aqui”.

    O técnico de mecânica João Souza, que presencia diariamente as consequências da atitude dos moradores, aproveitou e fez um apelo à comunidade. “As pessoas têm que ser conscientes e tomar outra atitude. Existem os lugares certos para jogar lixo”, frisou o morador.

    Em nota, a Secretaria Municipal de Limpeza Urbano (Semulsp) disse que vai encaminhar um fiscal ao local e pedir para enviarem um diagnóstico de lama e de que a lixeira viciada ocorre por estar abandonado o terreno. “Os fiscais vão limpar o local e entrar com fiscalização permanente e ações de conscientização aos moradores”, concluiu o órgão.

    Confira a matéria completa na Web TV Em Tempo:

    Comentários