Fonte: OpenWeather

    Segurança Pública


    Em Manaus, carros de app terão adesivo para identificação policial

    A medida é parte de uma série de ações em curso para aumentar a segurança no serviço

    Os adesivos serão produzidos pela Sejusc (foto ilustrativa)
    Os adesivos serão produzidos pela Sejusc (foto ilustrativa) | Foto: Reprodução

    Manaus - Veículos de transporte por aplicativo da capital amazonense receberão um adesivo para facilitar a identificação e as abordagens policiais. A medida foi definida nesta quarta-feira (27), durante reunião na Delegacia-Geral da Polícia Civil, no bairro Dom Pedro, zona centro-oeste, entre representantes dos motoristas e dirigentes do Governo do Estado.

    A medida é parte de uma série de ações em curso para aumentar a segurança no serviço. Além de estabelecer metas para abordagem de motoristas dessa modalidade, o secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates, vai ao Ministério Público do Amazonas (MP-AM) para cobrar metas claras das empresas para aumentar a segurança dos usuários.

    A reunião desta quarta-feira teve como finalidade elaborar, em conjunto, soluções de segurança e alinhamento de competências por parte de órgãos governamentais. A secretária de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania, Caroline Braz, ao lado do delegado-geral adjunto da Polícia Civil, Orlando Amaral, participou da reunião, que também contou com representantes da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), Polícia Militar e Casa Civil do Governo do Amazonas.

    Os adesivos serão produzidos pela Sejusc e a expectativa é que sejam disponibilizados aos motoristas a partir do mês de dezembro. Os detalhes serão anunciados posteriormente.

    No encontro, ficou definido que serão adotadas medidas de curto, médio e longo prazos
    No encontro, ficou definido que serão adotadas medidas de curto, médio e longo prazos | Foto: Divulgação

    A secretária da Sejusc, Caroline Braz, afirmou que a garantia da segurança é uma demanda que passa também pela defesa da cidadania. “É por isso que nós, da Sejusc, também abraçamos essa causa e trabalharemos em conjunto com as demais secretarias e órgãos do Estado para assegurar o direito de ir e vir da população sem medo. Atuar em parceria é uma determinação do governador Wilson Lima para efetivar essas medidas o quanto antes”, afirmou.

    Medidas

    No encontro, ficou definido que serão adotadas medidas de curto, médio e longo prazos, segundo o delegado adjunto Orlando Amaral. Inicialmente, a adesivagem vai identificar os veículos como “parceiros da polícia”. A ideia é fazer com que as abordagens policiais sejam melhor direcionadas, inibindo a ação de criminosos, tanto de assaltantes quanto daqueles que utilizam o serviço para transporte de drogas e armamentos.

    Atualmente, a SSP-AM mantém um projeto-piloto de monitoramento com cerca de mil motoristas de transporte por aplicativo. A expectativa é que o projeto seja ampliado. Esse projeto utiliza um aplicativo gratuito, conhecido como Drive Social, que é conectado diretamente ao sistema de monitoramento do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops).

    Empresas serão cobradas

    O secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates, vai pedir apoio ao Ministério Público do Amazonas (MP-AM) para que as empresas de transporte por aplicativo adotem mecanismos para melhorar a segurança dos usuários e dos próprios profissionais. Levantamento feito pela SSP-AM aponta que o sistema é falho e vem expondo usuários a riscos. Na maioria dos casos registrados, inclusive de homicídios, as vítimas foram buscar os suspeitos após a solicitação de corridas.

    A expectativa da SSP-AM é que as empresas assumam compromissos para aperfeiçoar seus sistemas internos de controle, aumentando a segurança para quem usa o aplicativo e das pessoas que estão trabalhando com ele.

    *Com informações da assessoria 

    Comentários