Fonte: OpenWeather

    Mesa Redonda


    Associação Livres traz a Educação municipal como pauta de mesa redonda

    Primeiro evento da série “Cidades Livres” ocorre no dia 17 de dezembro de 2019, às 19h, no auditório da Faculdade Martha Falcão

    Livres se propõe a construir pontes e derrubar muros por meio do Cidades Livres | Foto: Divulgação

    Manaus - A Associação Livres realizará o primeiro evento da série “Cidades Livres” no dia 17 de dezembro de 2019, às 19h, no auditório da Faculdade Martha Falcão. A mesa redonda intitulada “Educação Municipal: Desafios e Possibilidades” se propõe a realizar um diagnóstico do quadro atual enfrentado pela Educação no município, indicando possíveis caminhos que vão desde a experiência do CMEI Hermann Gmeiner de transformação da escola em espaço de aprendizagem onde crianças e pais assumem o protagonismo por este processo, até a implementação de sistema de vouchers para complementar a educação ofertada pelo município.

    Para a Psicóloga e coordenadora do Livres no Amazonas, Juliana Afonso, “O evento é uma oportunidade de reunirmos pessoas que compreendem que os investimentos na infância trazem mais retorno que em qualquer outra fase da vida, pois dos 0 aos 6 anos se formam 90% das sinapses do nosso cérebro. Neste sentido, o cuidado com a educação infantil, atribuição do município no pacto federativo atual, se constitui como um dos pontos mais sensíveis e promotores de equidade na gestão municipal.”

    Enquanto um movimento que compreende a importância da responsabilidade fiscal aliada à sensibilidade social, o Livres se propõe a construir pontes e derrubar muros por meio do Cidades Livres, e para iniciar esta série de eventos não há tema melhor que a Educação infantil, com a qual se preocupam militantes de ambos os espectros políticos.

    O evento é gratuito  e podem ser adquiridos pelo Sympla por meio  do endereço: https://www.sympla.com.br/cidades-livres---educacao-municipal-desafios-e-possibilidades__724774

    O que é o Livres? 

    O Livres é uma associação privada sem fins lucrativos que conta com mais de 2 mil associados em todos os estados do Brasil. Fundada em 2016, a associação tem por missão a promoção de uma sociedade livre, aberta e inclusiva, em que o lugar de cada pessoa seja o resultado de suas próprias escolhas e não uma sorte do destino.

    Como movimento social e político, o Livres educa associados, treina lideranças, desenvolve alternativas em políticas públicas e projetos de impacto social, com o objetivo de renovar a política e construir um Brasil mais livre, junto com as pessoas que mais precisam. O Livres acredita na liberdade por inteiro e em mudanças graduais através da convivência democrática, buscando a emancipação individual com sensibilidade social.

    Comentários