Fonte: OpenWeather

    Solidariedade


    Projeto 'Ceia de Natal na Praça da Matriz' atende mais de 700 pessoas

    A ação contou com mais de 130 voluntários e promoveu um jantar natalino para pessoas que vivem em situação de rua em Manaus

    A ceia natalina acontece há mais de seis anos e a cada ano o número de colaboradores aumenta
    A ceia natalina acontece há mais de seis anos e a cada ano o número de colaboradores aumenta | Foto: Divulgação

    Manaus - Fazer o bem sem olhar a quem, foi com este espírito que um grupo de voluntários realizou um jantar de Natal para mais de 700 pessoas, que vivem em situação de rua, na Praça da Matriz, Centro. O evento iniciou as 18h desta quarta-feira (25) e contou com a ajuda de mais 130 voluntários.

    A ceia natalina acontece há mais de seis anos e a cada ano o número de colaboradores aumenta, de acordo com os organizadores do evento.

    Para a idealizadora do projeto "Ceia de Natal na Praça da Matriz", Lúcia Jeffes, realizar esta ceia é fazer o verdadeiro Natal acontecer a quem não tem um lar e vive em situação de rua. 

    "Gratidão a Deus, este é o verdadeiro sentido do Natal. Realizamos este evento para mostrar que juntos conseguimos mudar a realidade da nossa cidade", pontua. Lúcia Jefter ressaltou ainda que sem a união de parceiros e voluntários este evento não aconteceria.

    "Temos 130 voluntários no evento de hoje e muitos parceiros que não conseguiram vir, mas ajudaram. Graças a ajuda de todos estamos comemorando o sexto ano da ceia na praça e vamos levar este projeto a frente para que sirva de exemplo para que as pessoas façam em outros bairros de Manaus" afirma.

     A ceia natalina acontece há mais de seis anos e a cada ano o número de colaboradores aumenta, de acordo com os organizadores do evento
    A ceia natalina acontece há mais de seis anos e a cada ano o número de colaboradores aumenta, de acordo com os organizadores do evento | Foto: Divulgação

    Morador de rua há 15 anos, Carlos Alberto já participou de cinco ceias na Praça da Matriz.  "Trabalho mas vivo na rua. Sempre morei na rua e gosto de viver assim. Fico feliz de ver que pessoas se unem para me dar uma ceia de Natal, coisa que não tenho há anos em família. Porém, minha família são vocês que se doam para fazer a minha alegria e de meus amigos que moram na rua. Fico esperando chegar a hora a ceia aqui na praça, pois já são cinco anos que janto uma ceia natalina graças aos voluntários", afirmou.

    O morador de rua Enéas Candido da Silva, de 63 anos, afirmou que ficou feliz de saber que ganharia uma ceia de Natal gratuita na Praça da Matriz. "O que os voluntários fazem é uma benção. Me sinto muito feliz em saber que algumas pessoas se importam conosco moradores de rua", disse.

    *Com informações da assessoria

    Comentários