Fonte: OpenWeather

    Curado


    Recuperado, bebê que caiu de viaduto recebe alta de hospital em Manaus

    A criança vivia com os pais em abrigo improvisado feito em uma pilastra de um viaduto na Zona Norte da capital, quando caiu de uma altura de aproximadamente cinco metros

    A criança se demonstrou forte o suficiente e lutou pela vida
    A criança se demonstrou forte o suficiente e lutou pela vida | Foto: Divulgação

    Manaus - Uma boa notícia em meio às adversidades que o mundo enfrenta com a pandemia do novo coronavírus. O bebê de três meses, que caiu de um viaduto na Zona Norte de Manaus, está recuperado. Ele ficou exatamente duas semanas internado no Hospital e Pronto-Socorro Infantil da Zona Leste (Joãozinho) e recebeu alta médica no último domingo (12). 

    A criança vivia com os pais em abrigo improvisado feito em uma pilastra de um viaduto na avenida Governador José Lindoso (antiga avenida das Torres), no bairro Cidade Nova, quando caiu de uma altura de aproximadamente cinco metros. 

    Vídeos gravados por pessoas que presenciaram a fatalidade e divulgados nas mídias sociais mostravam a criança agonizando em cima do asfalto, enquanto aguardava a chegada do socorro. 

    Como impacto da queda, o bebê teve traumatismo craniano e ficou um período de cinco dias internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital. E, apesar do tamanho, se demonstrou forte o suficiente e lutou pela vida. 

    De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam), o bebê está sob a responsabilidade do Conselho Tutelar.

    Os pais

    Na época do acidente, os pais da criança, um homem de 29 anos e uma jovem de 21 anos, alegaram que estavam dormindo quando o bebê caiu. O casal foi detido e encaminhado até à Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA).

    Na unidade policial, foi determinado uma fiança para o casal de R$ 1 mil. Como o valor não foi pago, o casal foi conduzido para audiência de custódia, no fórum Ministro Henoch Reis, situado na Zona Sul da capital.

    Comentários